1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Rubinho deixa irmãos Schumacher para trás e sai na frente no GP da Áustria

O brasileiro Rubens Barrichello (Ferrari) largará na pole position do Grande Prêmio de Fórmula-1 da Áustria, neste domingo (12/05). Ralf e Michael Schumacher ficaram com as segunda e terceira posições.

default

Barrichello, feliz com a pole position

O fim de semana em Zeltweg não poderia estar sendo melhor para Rubens Barrichello. Após ter renovado seu contrato com a Ferrari por mais dois anos - para surpresa da imprensa alemã, que apostava ser esta a última temporada do brasileiro na escuderia italiana -, Rubinho fez os melhores tempos nos treinos livres de sexta-feira e repetiu a dose neste sábado.

Nos treinos de classificação, Barrichello fez a sua melhor volta em 1min08s082, sendo cerca de três décimos de segundo mais rápido que o alemão Ralf Schumacher (Williams-BMW), que conquistou o outro lugar na primeira fila. Michael Schumacher (Ferrari) ficou em terceiro lugar (1min08s704) e largará da segunda fila, em companhia da outra Williams-BMW, pilotada pelo colombiano Juan Pablo Montoya (1min09s118).

Para o tetracampeão mundial, que na atual temporada venceu quatro das cinco provas já disputadas, o autódromo austríaco de Spielberg constitui um desafio especial: é o único circuito de Fórmula-1 onde nunca conseguiu vencer. Michael Schumacher: "Esta ordem de largada não é bem o que esperávamos. Estávamos certos de que conquistaríamos os dois lugares da primeira fila. Mas Ralf acabou me passando para trás." A última vez que Schumacher largou na terceira posição foi no dia 16 de setembro do ano passado, em Monza.

Ralf não esperava mesmo ser mais rápido que o irmão: "Estou surpreso de que estejamos entre as duas Ferrari. Espero que isto se repita durante a corrida." O diretor esportivo da BMW, Gerhard Berger, mostra-se temeroso em relação ao início da prova: "A constelação nas duas primeiras filas promete gerar muita tensão. Quero ver o que vai dar na primeira curva."

Inversão da hierarquia

Pela segunda vez na atual temporada, Barrichello larga na pole position. A primeira vez foi na Austrália. Em toda a sua carreira, esta será a quinta vez que Rubinho sai na frente. Nos treinos de classificação em Imola e em Barcelona, ele acabou sendo superado por Michael Schumacher no último segundo.

Barrichello inverteu praticamente a hierarquia interna da Ferrari, logrando o melhor desempenho e justificando inteiramente a prorrogação do seu contrato com a escuderia de Maranello. Apesar da "inversão da hierarquia", a atuação de Rubinho foi elogiada pelo seu colega de equipe.

Michael Schumacher atribuiu a problemas com o seu novo carro F2002, o fato de que não tenha logrado melhor classificação. "É estranho quando se consegue ser mais rápido pela manhã do que no treino de qualificação à tarde", afirmou. Largando na terceira posição, será bem mais difícil para Schumacher acabar com a sua "série negra" no circuito de Spielberg e vencer o GP da Áustria.

Mas o piloto alemão pode ver isto com tranqüilidade: ele continua liderando com grande folga a tabela do campeonato deste ano, com 44 pontos, à frente de Juan Pablo Montoya (23 pontos) e do irmão Ralf (20 pontos).

Leia mais

Links externos