Roubo de moeda intriga polícia em Berlim | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 29.03.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Roubo de moeda intriga polícia em Berlim

Furto espetacular de relíquia de 100 quilos, avaliada em 1 milhão de dólares, deixa poucas pistas e uma série de perguntas sem resposta. Serviço de segurança do museu percebeu invasão apenas meia hora depois.

default

Moeda comemorativa "Big Maple Leaf" pesa 100 quilogramas e tem valor de mercado de cerca de 4 milhões de dólares

Na investigação sobre o roubo de uma moeda de ouro gigante em Berlim, a polícia local está à procura de possíveis cúmplices de dentro do museu Bode, de onde a chamada "Big Maple Leaf", de 100 quilogramas, foi roubada na madrugada de segunda-feira (27/03).

Segundo o porta-voz da polícia berlinense, Winfrid Wenzel, os investigadores estão partindo do princípio de que o ladrão tinha informação privilegiada e que o roubo teve a participação de várias pessoas, sobretudo "devido ao peso do objeto". O roubo espetacular é ainda um grande mistério para a polícia alemã, mas os criminosos deixaram pistas.

O tabloide alemão Bild divulgou em sua publicação desta quarta-feira (29/03) imagens que mostram furos no chão do museu causados por lascas da vitrine de vidro à prova de bala onde a moeda era exposta. A vitrine continha um sistema de alarme – o maior mistério para os investigadores. Será que o alarme foi desativado previamente ou foi desativado pelos ladrões no momento do roubo? O serviço de segurança percebeu o roubo apenas meia hora depois da intrusão.

Fato: os ladrões saíram da mesma janela no segundo andar do museu pela qual entraram. Investigadores suspeitam que eles usaram uma escada para acessar o edifício a partir dos trilhos de bonde vizinhos ao local. A "Big Maple Leaf" teria provavelmente sido jogada da janela até o térreo. A polícia encontrou marcas de impacto.

Além disso, investigadores suspeitam que os ladrões tenham feito rapel – técnica para descidas verticais – na saída do museu, pois encontraram cordas perto da estação ferroviária urbana Hackescher Markt. Fora do museu, a moeda de 100 quilogramas teria sido transportada com um carrinho de mão até o local de resgate, o parque Monbijoupark, onde estaria esperando o carro de fuga. Na noite de segunda-feira, um carro Mercedes foi encontro incendiado num estacionamento.      

A "Big Maple Leaf" é uma peça comemorativa emitida pela Royal Canadian Mint em 2007. Assim como todas as moedas canadenses, ela traz o retrato da rainha Elizabeth 2ª do Reino Unido. Com 53 centímetros de diâmetro e três centímetros de espessura, a moeda entrou no Livro Guinness dos Recordes por sua inigualável pureza de 999,99/1000 de ouro. O valor nominal da moeda é de 1 milhão de dólares, porém, o valor de mercado do item é estimado em 4 milhões de dólares.

Em exibição no museu Bode desde 2010, a moeda faz parte da coleção Münzkabinett, o mais importante arquivo de moedas de Berlim, que inclui mais de 540 mil objetos. Segundo o diário alemão Handelsblatt, a "Big Maple Leaf" pertence ao empresário do setor imobiliário Boris Fuchsmann. Ele teria emprestado a moeda de ouro ao museu em 2010.

PV/dpa/ots

Leia mais