1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Romano Prodi e a última estação de Berlusconi

Após o fechamento das urnas das eleições italianas, nesta segunda-feira (10/04), as previsões feitas para dois canais de televisão apontam para uma vitória do candidato da oposição Romano Prodi.

default

Romano Prodi comemora a vitória nas eleições

Segundo a pesquisa de boca-de-urna feita para a RAI, o canal de televisão estatal, a União, coalizão de centro-esquerda em torno de Romani Prodi, antigo presidente da Comissão Executiva da União Européia, saiu vencedora das eleições parlamentares italianas com 50 a 54% dos votos para as duas câmaras do Parlamento.

Um segundo levantamento feito para a emissora de TV Sky Italia constatou uma vitória de Prodi com 52% dos votos, ou 340 dos 630 assentos na Câmara dos Deputados e 167 dos 315 assentos do Senado.

Segundo as mesmas pesquisas, a coalizão de centro-direita em torno de Berlusconi, a Casa das Liberdades, angariou 45 a 49% dos votos, o que representaria algo em torno de 145 vagas na Câmara de Deputados.

Comparado às últimas eleições, seu partido, o Forza Italia, sofreu uma queda de até dez pontos percentuais. Mais do que o final de um mandato político, a derrota de Berlusconi marca o fim de uma era que marcou a política italiana desde sua eleição em 2001.

A primeira estrela pop da política

Silvio Berlusconi zurückgetreten Silvio Berlusconi wird Ministerpräsident

A última estação de Berlusconi

Em sua edição de domingo, o Frankfurter Allgemeine Zeitung nos deu uma idéia dessa era, intitulando Berlusconi de a "primeira estrela pop da política mundial". Compositor de canções piegas de amor e proprietário dos três maiores canais de TV italianos, o FAZ salientava o apelo estético que apoiava a carreira do empresário mais rico da Itália.

Pois, segundo o jornal, "tão burros para acreditar em mentiras descaradas e reportagens manipuladas, os italianos não são". O FAZ considera Berlusconi um esperto membro da geração de 1968, que conseguiu, juntamente com amigos que o acompanharam durante toda sua carreira, compreender muito bem os tabus da sociedade italiana, incorporando os ideais das revoltas de 68 para sua vantagem: legal, ilegal, tanto faz.

Paradoxalmente, entre os adeptos de Berlusconi estão muitos da antiga extrema esquerda que, segundo o FAZ, usaram os mesmos métodos agressivos da luta de classes em prol do capitalismo selvagem. Com Berlusconi, vulgaridade não é mais tabu, tornando-se o primeiro político a comportar-se como uma estrela de rock, o que vale também para seus canais de televisão com suas mulheres nuas e produções norte-americanas baratas, afirma o FAZ.

Jesus perseguido da política

Romano Prodi EU Türkei

Prodi: vencedor desde os debates televisivos

Romano Prodi deverá ser eleito, segundo as previsões, pela segunda vez para chefiar o governo de Roma.

O político sem partido de 66 anos, conhecido como "o professor", já havia sido primeiro-ministro italiano entre os anos de 1996 e 1998.

E Berlusconi, o homem que se considerava "o Jesus Cristo perseguido da política", chega ironicamente, na semana que antecede à Páscoa, à sua última estação, antes de padecer politicamente perante as previsões eleitorais anunciadas logo após o fechamento das urnas italianas, às 15 horas desta segunda-feira (10/04).

Leia mais