1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Rodada sem gols brasileiros

Contusões, razões táticas e insatisfação dos técnicos deixaram várias das estrelas do futebol pentacampeão mundial de fora dos jogos ou nos bancos de reserva.

default

Élber lidera a artilharia

Num campeonato em que o público acostumou-se a ver 20 a 25% dos gols marcados por brasileiros, a 11ª rodada da Bundesliga registrou um fato raro: nenhum representante canarinho balançou a rede adversária.

A razão: os principais goleadores brasileiros ficaram de fora dos gramados durante o fim de semana. Dos grandes artilheiros, somente Amoroso começou jogando. Mas o atacante do Borussia Dortmund continua em débito nesta temporada com a torcida do campeão alemão. Élber (Bayern de Munique) e Aílton (Werder Bremen), por exemplo, não jogaram. Kuranyi (Stuttgart), Luizão (Hertha Berlim), Éwerthon (Borussia Dortmund) só entraram em campo no segundo tempo.

Mas mesmo entre aqueles brasileiros que defenderam seus clubes na 11ª rodada não houve destaques. Segundo a revista esportiva Kicker, os melhores desempenhos couberam a Dede (Borussia Dortmund), Marcelinho Paraíba e Nenê (ambos Hertha Berlim), que no entanto mereceram apenas notas regulares.

A ausência na derrota do Bayern de Munique para o Werder Bremen (2 a 0) não tirou, porém, de Élber a liderança da artilharia do Campeonato Alemão. O atacante paranaense tem 10 gols, dois a mais que o macedônio Ciric, que marcou na vitória do Nürnberg sobre o Borussia Mönchengladbach (2 a 1). Com sete gols, dividem a terceira colocação os brasileiros Aílton e Kuranyi, o alemão Bobic (Hannover 96) e o espanhol Christiansen (Bochum). Éwerthon tem seis gols e Marcelinho, cinco.