Robson Conceição conquista ouro inédito no boxe | Rio 2016 | DW | 16.08.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Rio 2016

Robson Conceição conquista ouro inédito no boxe

Pugilista baiano supera derrotas nos Jogos de 2008 e 2012 e se torna o primeiro brasileiro campeão olímpico de boxe. Ele, que começou brigando na rua, venceu todos os adversários por decisão unânime no Rio de Janeiro.

Robson Conceição não deu chances ao francês Sofine Oumiha, nesta terá-feira (16/08), e conquistou a medalha de ouro na categoria peso ligeiro (até 60kg). A vitória veio por decisão unânime (3 a 0) – os três juízes distribuíram os pontos da seguinte forma: 30-27, 29-28 e 29-28 O pugilista baiano entrou para a história como o primeiro brasileiro campeão olímpico no boxe.

Nascido em Salvador, no bairro humilde de Boa Vista de São Caetano, Robson passou um tempo brigando na rua, antes de conhecer o boxe. Entre os treinamentos, o pugilista contribuiu no pagamento das contas domésticas trabalhando com feirante, vendedor de picolé ou como ajudante de pedreiro.

Nos Jogos de Pequim e Londres, Robson foi eliminado logo nas primeiras lutas. Depois da frustrante eliminação nos Jogos de 2012, o pugilista estabeleceu a meta de conquistar uma medalha no Rio de Janeiro. Sua perseverança deu resultado e Robson pode se intitular agora o maior boxeador olímpico do Brasil.

Olympia Rio 2016 Boxen Robson Conceicao

Após o fim da luta, Robson Conceição sobe nas cordas para celebrar com a torcida brasileira que lotou o Riocentro

Para chegar à tão sonhada medalha de ouro, Robson passou por quatro combates: na estreia, ele derrotou Anvar Yusunov, do Tajiquistão; a passagem para a semifinal foi garantida com vitória sobre Hurshid Tobaev, do Uzbequistão; e já com o bronze garantido, Robson superou o cubano Lázaro Álvarez, tricampeão mundial e líder do ranking na categoria peso ligeiro. Todas as vitórias foram por decisão unânime.

Robson Conceição é o quinto pugilista brasileiro medalhista olímpico. Ele se junta a Servílio de Oliveira (bronze em 1968), Esquiva Falcão (prata em 2012), Yamaguchi Falcão e Adriana Araújo (ambos bronze em 2012). Em 2011, Robson Conceição foi campeão dos Jogos Mundiais Militares.

Leia mais