1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Reprovação de Dilma atinge nível recorde, aponta Datafolha

Dos entrevistados, 71% consideram governo ruim ou péssimo – taxa que supera os números de Collor às vésperas do impeachment. Segundo pesquisa, 66% defendem abertura de um processo de afastamento no Congresso.

A popularidade de Dilma Rousseff caiu para o pior nível registrado em relação a um presidente brasileiro desde 1990, apontou uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (06/08) pelo Instituto Datafolha.

Segundo o levantamento, 71% dos entrevistados classificam o governo da presidente como ruim ou péssimo, um aumento significativo em relação aos 65% de reprovação registrados na pesquisa anterior, realizada no mês de junho.

Apenas 8% dos entrevistados consideram o governo bom ou ótimo, 2 pontos percentuais a menos que o registrado na última pesquisa.

De acordo com o Datafolha, 66% dos entrevistados defendem que o Congresso abra um processo de impeachment da presidente, mas apenas 38% acreditam que Dilma será afastada do cargo.

Até agora, o recordista de impopularidade entre os presidentes avaliados desde 1990 era Fernando Collor de Mello, que às vésperas de seu impeachment, em setembro de 1992, tinha 9% de aprovação e 68% de reprovação.

O Datafolha entrevistou 3.358 pessoas em 201 municípios. A pesquisa tem margem de erro de 2 pontos percentuais.

RC/rtr/ots

Leia mais