1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Reprovação de Dilma atinge maior nível, segundo Datafolha

Só 13% dos entrevistados pelo instituto avaliam a gestão da presidente como boa ou ótima. Reprovação de 62% é a maior desde o final do governo Collor, em 1992.

Pesquisa do Datafolha divulgada nesta quarta-feira (18/03) confirma nova queda na popularidade da presidente Dilma Rousseff. Apenas 13% dos entrevistados aprovam o governo, e 62% o consideram ruim ou péssimo. Esse é o maior índice de reprovação de um chefe de governo desde a véspera do impeachment do ex-presidente Fernando Collor de Mello, em 1992.

O índice de aprovação do governo atingiu o patamar mais baixo da gestão da presidente, com apenas 13% considerando seu governo ótimo ou bom. Em setembro de 1992, no final do governo Collor, a reprovação era de 68%. Ainda segundo a pesquisa, 24% qualificam o governo Dilma como regular

O governo de Dilma Rousseff é apontado como responsável pelos sérios problemas econômicos que o Brasil enfrenta e teve sua credibilidade abalada pelo

escândalo de corrupção na Petrobrás

. A queda de popularidade poderá dificultar a aprovação da reforma política proposta pelo governo no Congresso Nacional.

A pesquisa do Datafolha também afirma que apenas 9% dos entrevistados consideram ótimo ou bom o desempenho dos parlamentares brasileiros, enquanto 50% dizem que ele é ruim ou péssimo.

O Datafolha entrevistou 2.842 pessoas em 172 cidades brasileiras logo depois dos

protestos

que se espalharam por diversas cidades brasileiras.

RC/efe/rtr/ots

Leia mais