1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

RELÍQUIAS ARQUEOLÓGICAS EM BONN

Arqueologia, Oriente Médio, petróleo, Feira do Livro e o drama dos refugiados foram os temas sobre os quais nossos usuários opinaram esta semana. Leia aqui!

default

Local das escavações

Em termos históricos, essa descoberta representa muito. Mais até que um tesouro atual. A data aproximada divulgada é muito mais interessante. O material deve ser analisado com muito cuidado e ver se não há mais. Toda história vivida e utensílios que sejam de nossos antepassados devem ser preservados.
Mauro Luis Paiva

Trata-se com certeza de uma descoberta sensacional . A história se torna concreta através de achados como este. A possibilidade de se ter mais dados concretos para saber sobre o cotidiano dos romanos há dois mil anos é de enorme importância histórica. Espero que os arqueólogos tenham tempo suficiente para suas escavações e não sejam pressionados pelos construtores do novo centro de convenções da ONU.
Adriana Macedo

COBERTURA DA GUERRA DO ORIENTE MÉDIO NA MÍDIA

Eu, particularmente, acho que a mídia (principalmente a norte-americana e a alemã, mas também a brasileira) expõe só fatos negativos e imagens de violência, com freqüência tal que o telespectador os observa como parte ordinária de mais uma notícia de tevê. Eu estou muito mais interessado nas opiniões dos que fazem a guerra, e quais estão sendo as medidas tomadas pelos líderes de ambas as partes para resolver o conflito, e não apenas nas imagens chocantes de bombas caindo e destruindo pontes todas as horas com dados de soldados mortos como virou a "novela do Iraque". A "mídia da guerra" está muito mais preocupada em imagens que chocam e prendem a atenção do telespectador do que em abordar com foco crítico os bastidores dessas guerras.
Júlio Cézar de Melo Borges

SOLDADOS ALEMÃES NO LÍBANO

A presença de soldados alemães no Líbano pode acarretar problemas futuros. A eventualidade de um confronto pode ter repercussões terríveis, e nesse caso os alemães estariam em desvantagem. Se atirarem viram carrascos, e se não atirarem podem morrer. Às vezes eu acho que querem colocar os alemães nessa situação constrangedora. O Oriente Médio não é problema alemão. Foram as potências vencedoras da Segunda Guerra que desenharam o mapa da região de acordo com seus respectivos interesses. Agora eles que resolvam.

Sinceramente acho que os alemães devem pregar o discurso da paz (ser politicamente corretos) e com diplomacia se esquivar de enviar tropas para a região. Isso economizaria dinheiro e possíveis vidas de jovens alemães, além de evitar um desgaste político. A ambição política de alguns líderes alemães pode comprometer décadas de tentativas de corrigir erros do passado.
Marcus Scavone

PREÇO DO PETRÓLEO

O petróleo esta próximo do seu preço máximo, acredito que pode subir até 79,87 dólares o barril. Depois disso deve voltar a ceder, basta ter uma estabilidade na política mundial para que se resolva a situação. Após estes acertos políticos virá uma estagnação econômica nos países ricos, com uma corrida para países de terceiro mundo.

Acredito que o Brasil pode entrar em uma nova fase de crescimento constante. Temos que aproveitar a deixa dos problemas de petróleo e colocar em pauta mundial nosso combustível renovável, para não sobrar respingos quando o petróleo vier abaixo dos 35,00 dólares. Temos que lucrar com isso.
Carlos Eduardo Cunha Machado

CULTURA ÁRABE NA FEIRA DO LIVRO

Não, não acho arriscado nem insano escolher um tema tão polêmico como a cultura árabe para a Buchmesse de Frankfurt. Pelo contrário, a iniciativa em conjugar culturas tão diferentes como a ocidental e oriental numa feira com tamanha magnitude é muito interessante e positiva. É uma resposta cultural frente aos últimos acontecimentos políticos nesta região. Na verdade somos todos seres pensantes, independente da raiz cultural que carregamos!
Nicole Delarue


REFUGIADOS E EXCLUÍDOS

No meu modo de entender, o que está acontecendo com estes refugiados, o que de mais urgente eles precisam, é de um trabalho que os faça sentir-se dignos e respeitados, sentirem que valeu a pena os riscos por que passaram, esta é a maior prova de solidariedade que podem receber nesse momento.
Maria Aparecida Neubaner Luiz