1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Refugiados criminosos poderão ser deportados a outros países

Chefe de gabinete de Merkel diz que o governo tem planos de expulsar migrantes com histórico criminoso para outras nações, caso seus países de origem estejam em conflito. "Estamos negociando", diz Peter Altmaier.

O chefe da Casa Civil alemã, Peter Altmaier, informou, em entrevista ao jornal Bild am Sonntag publicada neste domingo (31/01), que o governo tem planos de deportar refugiados criminosos para outras nações, caso seus países de origem estejam em conflito armado.

Como responsável pela coordenação da gestão da crise de refugiados na Alemanha, Altmaier disse que a maioria dos migrantes eventualmente afetados pela medida fugiram de guerras. Eles seriam enviados à nação "por onde entraram originalmente na União Europeia". "Estamos negociando com a Turquia e outros países e discutindo formas de eles receberem refugiados de outros países", comentou.

Segundo Altmaier, no futuro refugiados também poderão ser expulsos da Alemanha por cometer crimes de menor gravidade, mesmo que sofram perseguição em seus países de origem. As atuais leis de asilo alemãs não permitem a deportação de quem seja vítima de ameaças e perseguições.

O político democrata-cristão comunicou que 50 mil requerentes de asilo foram deportados desde o início de 2015, a maioria vinda dos Bálcãs. Os países da região estão na lista de nações seguras, o que facilitou o trabalho das autoridades alemãs. Além disso, a Argélia, Tunísia e Marrocos deverão ser incluídos na lista das nações seguras, para onde é possível a deportação, acrescentou Altmaier.

KG/dpa/afp

Leia mais