1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

"Refugiados" é a palavra do ano na Alemanha

Termo é escolhido por júri de linguistas por sua importância na vida social, política e econômica do país em 2015. "Je suis Charlie" fica em segundo lugar.

A crise migratória marcou este ano e, por isso, linguistas da Alemanha escolheram "refugiados" ("flüchtlinge") como a Palavra do Ano de 2015, anunciou nesta sexta-feira (11/12) a Sociedade para Língua Alemã (GFDS).

O termo foi eleito entre 2,5 mil sugestões que expressavam temas marcantes na vida social, política e econômica no decorrer dos últimos 12 meses. O termo, segundo a GFDS, está fortemente enraizado no vocabulário alemão e pontua uma discussão social central.

"Queremos naturalmente dar um sinal sociopolítico", afirmou o presidente da GFDS, Peter Schlobinski.

No segundo lugar, ficou a expressão "Je suis Charlie", o slogan mundial de solidariedade depois do ataque ao semanário satírici Charlie Hebdo no dia 7 de janeiro, em Paris. O júri escolheu com terceiro colocado o termo "Grexit", criado durante as negociações sobre a crise grega e que representava a saída da Grécia da zona do euro.

Desde 1977, a GFDS elege a palavra ou expressão que tenha marcado linguisticamente de alguma maneira o ano. Entre os termos propostos em 2015 estavam ainda fluxo de refugiados ou fluxo de requerentes de asilo.

A tão comentada frase de Angela Merkel "Nós vamos conseguir" ficou apenas em décimo lugar, atrás de termos como "pau de selfie" (7°).

CN/dpa/afp/epd

Leia mais