Refugiado sírio devolve 150 mil euros encontrados em armário | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 30.06.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Refugiado sírio devolve 150 mil euros encontrados em armário

Muhannad M., que vive na Alemanha há nove meses, encontrou quantia dentro de guarda-roupa doado por instituição de caridade. "Eu não poderia ficar com esse dinheiro. Isso vai contra a minha fé", diz.

Um refugiado sírio de 25 anos devolveu 150 mil euros que encontrou dentro de um guarda-roupa em Minden, no noroeste da Alemanha, noticiou o jornal Bild.

"Este homem merece reconhecimento e respeito", disse o porta-voz da polícia, Ralf Steinmeyer.

Muhannad M., da cidade síria de Homs, chegou à Alemanha há nove meses fugindo do conflito entre rebeldes e forças do regime do ditador Bashar al-Assad.

O técnico em comunicações passou por Turquia e Grécia antes de chegar à Alemanha. Ele teve o asilo reconhecido pelo governo alemão recentemente e foi alojado num apartamento de 30 metros quadrados em Minden.

O guarda-roupa foi um dos itens doados a Muhannad por uma instituição de caridade. Dentro, havia 50 mil euros em dinheiro e cadernetas de poupança no valor de mais de 100 mil euros. O jovem encontrou a quantia numa pequena divisória enquanto limpava o armário.

"Eram todas notas de 500 euros. Achei que fosse dinheiro falso", afirmou ao Bild.

Recompensa

Ao pesquisar na internet, ele se deu conta de que as notas eram verdadeiras, mas se recusou a ficar com o dinheiro. Ele levou os 150 mil euros ao departamento de estrangeiros mais próximo.

"Sou muçulmano. Não poderia ficar com esse dinheiro. Isso vai contra a minha fé", disse.

Com o dinheiro, ele poderia pagar a viagem dos irmãos mais novos para a Alemanha. "Alá nunca permitiria que os próprios interesses fossem financiados com os bens de um desconhecido."

A polícia tenta identificar o dono do dinheiro. Muhannad deve receber uma recompensa de 4.500 euros.

KG/bild

Leia mais