1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Reencontro entre Brasil e Alemanha tem data marcada

Seleções vão se enfrentar em março do ano que vem em Berlim, no primeiro duelo desde o 7 a 1 do Mineirão. Amistoso será preparatório para a Copa do Mundo da Rússia, meses depois.

Fußball WM 2014 Halbfinale Deutschland Brasilien Jubel (Reuters)

Alemães comemora gol de Sami Khedira no Mineirão: goleada história

O primeiro jogo entre as seleções brasileira e alemã desde o 7 a 1 já têm data marcada: 27 de março de 2018, em Berlim, quase quatro anos após a partida no Mineirão e meses antes do início da Copa do Mundo da Rússia. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (10/03) pelas federações dos dois países.

A Copa da Rússia começa em 14 de junho. E, pelo calendário da Fifa, a partida possivelmente será um dos últimos amistosos oficiais antes do início do torneio. Quatro dias antes, a Alemanha enfrentará a Espanha, em outro teste para a competição.

"Seria um sonho se um desses duelos se repetisse também em julho, em Moscou, na final da Copa do Mundo", afirmou Reinhard Grindel, presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB).

O 7 a 1 de 8 de julho de 2014, semifinal da Copa, foi o 22º confronto entre as duas seleções. A Alemanha venceu cinco, e o Brasil, 12. Os países se enfrentaram no ano passado na final do torneio olímpico de futebol, com vitória brasileira nos pênaltis.

A partida, porém, não teve tom de revanche. Enquanto o Brasil tinha estrelas como Neymar em campo, a Alemanha jogou com a base da seleção sub-21, inúmeros desfalques e pouco destaque na imprensa.

Desta vez, porém, o tom é diferente, e o anúncio do amistoso é notícia na maioria dos grandes sites do país. "Para os brasileiros será a primeira possibilidade de revanche", escreveu, por exemplo, o tabloide Bild.

A negociação do amistoso teria sido em resposta a uma solicitação do próprio técnico da seleção brasileira, Tite, que insistiu para que o Brasil enfrentasse equipes de alto nível na preparação para a próxima edição da Copa do Mundo.

RPR/dpa/ots

 

Leia mais