1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Ralf Schumacher salva a honra da família

O irmão mais novo de Michael Schumacher venceu o GP da Europa, disputado no circuito de Nürburgring. Apesar de chegar em quinto lugar, Michael conseguiu ser o primeiro piloto da F-1 a superar a marca dos 1000 pontos.

default

Ralf Schumacher dá um banho em Rubinho, terceiro colocado

A chance de Michael Schumacher vencer o GP da Europa, disputado neste domingo (29/06) em Nürburgring, foi pelos ares após a colisão com o piloto colombiano Juan Montoya. Azar de um, sorte de outro. O incidente contribuiu para que seu irmão, Ralf Schumacher, chegasse em primeiro lugar, na nona etapa do Mundial de F-1.

Esta foi a quinta vitória de sua carreira e não poderia ter vindo em melhor hora. Ralf está aniversário na segunda-feira (30/06) quando completa 28 anos. "Eu estou super contente, tudo deu certo", revelou. O diretor de Esportes da Williams-BMW, Gerhard Berger, teceu elogios ao piloto alemão. "Ralf pilotou hoje de forma perfeita, ele mostrou para todos que é capaz de ganhar uma corrida e até um campeonato".

Seu colega de equipe, Montoya, chegou em segundo lugar, uma alegria extra para a escuderia. Com o resultado, Ralf assumiu a terceira posição da temporada, com 43 pontos, e Montoya, a quarta, com 39 pontos.

Mais um recorde

Schumacher Saison 2003 Ralf Schumacher siegt auf dem Nürburgring

Ralf Schumacher no GP da Europa seguido por seu irmão, Michael.

E por falar em pontos, Michael Schumacher, mesmo não tendo subido ao pódio, conseguiu um façanha inédito na categoria máxima do automobilismo: ultrapassar a marca dos mil pontos. Com os quatro pontos somados em Nürburgring pela conquista do quinto lugar, Schumacher totaliza um recorde de 1.003 pontos na carreira, 700 dos quais correndo pela Ferrari, equipe em que atua desde 1996.

O brasileiro Rubens Barrichelo, que chegou em terceiro lugar, está em 13º lugar na lista dos mais pontuados, com 309 pontos. No ranking da temporada 2003, o colega de Schumacher está em sexto lugar, com 37 pontos.

De quem foi a culpa?

Na 43ª volta, durante a disputa pelo 2º lugar, Schumacher tocou no carro de Montoya e rodou. O pentacampeão precisou ser empurrado pelos fiscais de pista e voltou ao circuito em sexto lugar.

O colombiano não acha que tenha sido responsável pelo incidente, opinião compartilhada por Schumacher. "Montoya não teve culpa nenhuma. Foi apenas um acidente normal de corrida que pode acontecer a qualquer momento. Não foi nada de especial", disse o alemão em entrevista.

Se o resultado não foi o esperado, Schumacher ainda tem o consolo de manter a liderança da temporada 2003. Com 58 pontos, ele continua com sete pontos de vantagem em relação ao segundo colocado, o finlandês Kimi Räikkönen, que foi obrigado a abandonar a prova na 26ª volta depois que o motor de seu McLaren estourou.

Onde está o público?

Os organizadores do GP da Europa estão sentindo as conseqüências da crise econômica. Em relação ao ano recorde de 2002, houve uma queda significativa de espectadores. Cerca de 239 mil pessoas foram assistir a corrida de perto, 114 mil a menos do que as 353 mil que marcaram presença no ano passado.

Um dos principais motivos foi o preço salgado do ingresso, que custou entre 130 e 440 euros. O valor extremamente alto fez com que muitos fãs de Schumacher preferissem ver a corrida pela telinha da TV, bem acomodados no sofá de casa.

Leia mais