1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

"Racismo está em toda parte", diz Haseloff

Governador da Saxônia-Anhalt alerta que é um erro tratar ataque ao centro de refugiados na cidade de Tröglitz como um fato isolado. Políticos alemães pedem a proibição do partido ultradireitista NPD.

O governador da Saxônia-Anhalt, Reiner Haseloff, afirmou em entrevista publicada na edição desta terça-feira (07/04) do jornal alemão Die Welt, que racismo e xenofobia são um problema nacional e que ataques a abrigos de refugiafos ocorrem não apenas em Tröglitz, mas também em outras cidades do país.

"O número de ataques aumenta. Tröglitz está em toda parte", declarou o governador do estado onde a cidade está localizada. "Temos que lidar com essas ocorrências em nível nacional." Ele diz que apesar do

incêndio ocorrido no sábado

– possivelmente criminoso –, os planos de abrigar refugiados em Tröglitz serão mantidos. "Não retrocederemos um passo sequer", enfatizou o governador.

Haselhoff ressaltou a necessidade de uma mudança fundamental no debate sobre a admissão de refugiados no país. "Temos que lidar com isso de forma diferente. Temos obrigações humanas e sociais", afirmou, apontando que a Alemanha deve "adotar práticas humanitárias", uma vez que fatos semelhantes ocorreram diversas vezes na história do país.

O futuro abrigo para refugiados em Tröglitz está no centro de uma polêmica desde que um incêndio na madrugada do sábado destruiu parte do edifício. De acordo com informações da polícia, um casal que estava no local escapou por pouco. O abrigo deverá acomodar 40 refugiados, com chegada prevista para maio.

Políticos querem que NPD seja banido

O ataque gerou revolta em todo o país, levando muitas pessoas a pedir o banimento do partido de extrema direita NPD, principal suspeito de articular os protestos contra os refugiados em Tröglitz.

Entretanto, para que uma agremiação política alemã venha a ser banida, os principais órgãos de Justiça no país devem receber provas cabais de que o partido não apenas incentivou, mas também praticou atos inconstitucionais, como promover a propagação do racismo e da xenofobia.

O líder do Partido Social Democrata (SPD), Thorsten Schäfer-Gümbel afirmou à imprensa que os democratas do país devem se unir para evitar o avanço dos extremistas, mas considera que banir o NPD não será suficiente. "Temos que nos esforçar mais para promover a educação e o acesso à informação", ressaltou.

Reiner Haseloff CDU Sachsen-Anhalt Tröglitz

O governador da Saxônia-Anhalt, Reiner Haseloff, afirma que planos de abrigar refugiados serão mantidos

Ameaças de morte

No mês passado, o prefeito de Tröglitz,

Markus Nierth

, renunciou após ele e seus familiares receberem ameaças de membros do NPD durante uma manifestação dos extremistas em frente a sua casa.

Desde o ataque no sábado, Nierth e sua família receberam e-mails com ameaças de morte e estão agora sob proteção policial, assim como o coordenador das acomodações aos refugiados no distrito, Götz Ulrich, e seus familiares.

Ulrich deverá se reunir nesta terça-feira com o secretário do Interior da Saxônia-Anhalt, Holger Stahlknecht, para encontrar uma solução referente às acomodações, antes da chegada dos refugiados a Tröglitz no próximo mês. A promotoria do estado segue com as investigações.

RC/dpa/afp

Leia mais