1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Rügen: penhascos românticos e centro interativo

Bem ali onde o pintor romântico Caspar David Friedrich passou no século 19 com seu bloco de desenho, funciona hoje um centro de informações, com uma exposição multimídia que explica a origem dos rochedos da região.

default

As rochas calcáreas da Ilha de Rügen

Na ponta do nordeste alemão, o visitante pode observar uma paisagem de rochas cretáceas, que se estende por mais de 15 quilômetros na Ilha de Rügen. A região faz parte do Parque Nacional Jasmund, criado no ano de 1990. Ao lado das falésias brancas, a paisagem é caracterizada ainda por florestas de faias vermelhas, prados e pântanos, em 30 quilômetros quadrados de natureza pura.

O chamado Königstuhl, que se eleva a 118 metros de altitude, já no passado atraía muitos turistas à região, que agendavam sempre uma paradinha para apreciar a bela vista que o lugar proporciona. Há dois anos, foi criado ali um centro de informações para os interessados.

Viagem no tempo ou aventura

Nationalpark Königsstuhl auf Rügen

Parque Nacional na ilha

O centro oferece um moderno show multimídia, que além de contar a história da ilha, fornece detalhes sobre a fauna, flora e rochedos da região. Em uma exposição permanente, o visitante pode saber mais sobre as origens das formações rochosas, descobrir detalhes sobre a fauna marinha e entender quais são as formas de melhor preservar as faias da ilha.

"A exposição, que ocupa um espaço de dois mil metros quadrados, não possuiu quadros informativos monótonos, mas um sistema de fones de ouvido. Dependendo do gosto e da disposição, a mostra tem de tudo para todos os gostos: romântico, aventureiro ou mesmo informações para as crianças", explica Susanne Schimke, assessora de imprensa do centro de informações.

Espetáculo natural

BdT Kaspar David Friedrichs Kreidefelsen auf Rügen, Ausstellung im Museum Folkwang Essen

Os penhascos vistos pelo pintor romântico Caspar David Friedrich

Os aquários e um iceberg real são outros pontos de atração para os que vistam a Ilha de Rügen. Além das mostras interativas e multimídias e das animações tridimensionais, a natureza é responsável pelo maior espetáculo: as formações rochosas de mais de 70 milhões de anos.

Embora os penhascos não sejam tão monumentais como parecem na pintura de Caspar David Friedrich – e talvez nunca tenham sido, nem mesmo em seu tempo – eles são mesmo assim muito impressionantes e proporcionam uma vista sensacional.

"Tenho que, infelizmente, decepcionar todos os que me perguntam a partir de que lugar a pintura de Caspar David Friedrich foi criada. Suspeita-se que não foi daqui, do Königsstuhl, mas mais a oeste. No entanto, não se pode, hoje, ver a formação rochosa como Caspar David Friedrich a reproduziu, pois, com o passar do tempo, vários pedaços foram se partindo", conta Susanne Waldmann, guia no Parque Nacional.

Esconderijo para morcegos

Nationalpark Zentrum Königsstuhl gut besucht

Turistas na região: vista fabulosa

Com 118 metros de altitude, o Königsstuhl é o ponto mais alto da região. Não se sabe ao certo de onde veio seu nome, que significa "cadeira do rei". Alguns acreditam que debaixo do penhasco ficava o túmulo de um rei. Outros dizem que o rei sueco observou dali, em 1715, a batalha naval entre suecos e dinamarqueses. Mas foi Caspar David Friedrich quem deu fama às falésias, atraindo para ali pessoas de todo o mundo.

Leia mais