1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futurando!

Quer ficar em forma e evitar lesões?

O Futurando desta semana dá uma atenção especial aos problemas no joelho que levam à cirurgia. O programa também dá dicas de como se exercitar com saúde e sem lesões.

Grandes nomes do futebol brasileiro já tiveram que ir para a mesa de cirurgia por causa de lesões no joelho. Do total de atendimentos médicos da ortopedia no Brasil, 40% são relacionados à prática de esporte. O Futurando desta semana mostra como a medicina trata os pacientes lesionados, nos mínimos detalhes.

Normalmente, nos casos de ruptura de ligamento – que são a maioria –, a alternativa é o enxerto. As técnicas cada vez mais avançadas permitem uma recuperação amena e, de certa forma, rápida. O diagnóstico exato para uma operação desse tipo é feito por meio de ressonância magnética.

No estúdio, o nosso entrevistado é Rauno Simola, que foi preparador físico da seleção brasileira de judô. Ele fala um pouco sobre reabilitação e lembra que muitos fatores influenciam essa fase.

Rauno ainda explicou que a sobrecarga de treinamento, causadora de vários acidentes, tem que ser vista e conduzida com cautela. O treino não pode ultrapassar "a capacidade de adaptação do indivíduo" aos exercícios. E o organismo dá sinais de quando o excesso não está mais fazendo bem: "distúrbios hormonais, distúrbios de sono", afirmou o especialista.

Um outro fator que também pode dar problema no joelho é o desgaste das cartilagens. Elas têm inúmeras funções e uma delas, talvez a principal, é a de funcionar como uma "capa" que evita o atrito entre os ossos. Quando elas sofrem alguma lesão, dificilmente se regeneram. Só um transplante resolve. O Futurando foi atrás de pesquisadores da Alemanha que testam uma nova cartilagem desenvolvida em laboratório.

Fernando Buarque, cientista da computação, deve colaborar com o projeto. Ele coordena um estudo que usa smartphones na fisioterapia. Um aluno do pesquisador da Universidade de Pernambuco desenvolveu um aplicativo com a função de registrar os movimentos das articulações. As informações são essenciais para detectar eventuais desgastes do tecido cartilaginoso.

Dor muscular

Quando as pessoas querem entrar em forma num ritmo muito acelerado, a dor muscular é inevitável. As fibras dos músculos incham por causa do stress físico. O Futurandovem com detalhes de como esse inchaço ocorre e o que a ciência já sabe sobre como aliviar essa tensão. O ideal é fazer alongamentos antes e depois do treino, aumentar aos poucos a carga e sempre se aquecer.

Rauno Simola, educador físico convidado do programa, citou outras estratégias para evitar ou adiar as dores. Imersão em água fria, segundo ele, pode ser uma saída porque "o aumento da temperatura corporal gera a fadiga".

Esta edição também tem uma reportagem sobre a tecnologia envolvida na fabricação de uma bola de futebol, a paixão dos brasileiros. Você vai ver como as ideias usadas no desenvolvimento da Brazuca, da Copa do Mundo no Brasil, podem ser aproveitadas em outras pesquisas. Não perca! É no próximo Futurando!

Assistir ao vídeo 00:39

Chamada Futurando 109

O programa

Futurando é o programa que traz as novidades de ciência, meio ambiente e tecnologia, produzido todas as semanas pela redação brasileira da Deutsche Welle, em Bonn, na Alemanha. O programa é exibido no Brasil pelo Futura todas as quintas-feiras, às 20h30, com reprise aos domingos às 13h30; pela Rede Minas aos sábados, às 13h, com reprise às terças-feiras, às 18h30; pela TV Brasil, todos os domingos, às 16h30 e pela TV Câmara Tupã todos os sábados às 18h, com reprise às terças-feiras, às 19h40. O Futurando é transmitido também em Moçambique pela Rede Tim, aos sábados, às 14h30.

Áudios e vídeos relacionados