1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Quatro imigrantes ilegais morrem no litoral italiano

Quatro imigrantes morreram afogados no Mar Adriático, por terem sido obrigados a saltar do barco que os trouxera e nadar até o litoral italiano. As vítimas não sabiam nadar e o mar estava agitado, segundo as autoridades costeiras. Outros 39 imigrantes, curdos em sua maioria, conseguiram salvar-se a nado.

A gangue que organizou o transporte ilegal obrigara os passageiros a saltarem da embarcação, faltando cem metros para o litoral, a fim de evitar ser descoberta pela guarda costeira. Dois curdos receberam ferimentos a faca, por terem se negado a saltar. Os criminosos, que haviam partido da Albânia, conseguiram escapar. Nos últimos anos houve várias mortes semelhantes em vários pontos da costa italiana.

O governo de Roma aprovou há poucos dias leis mais severas para conter a imigração ilegal e exige que outros países europeus colaborem no patrulhamento da longa costa do país. Muitos curdos que fogem da discriminação na Turquia encaram a Itália apenas como porto de chegada, quando na verdade seu destino é a Alemanha ou a França.