1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Quarto nazista mais procurado do mundo vive no sul da Alemanha

Hans Lipschis é acusado de cumplicidade nos assassinatos ocorridos no campo de concentração de Auschwitz, onde teria trabalhado como guarda.

Um dos nazistas mais procurados do mundo foi localizado numa pequena cidade no sul da Alemanha, informou nesta terça-feira (23/04) a emissora alemã SWR. Hans Lipschis, de 93 anos, ocupa o quarto lugar na lista dos nazistas mais procurados elaborada pelo Centro Simon Wiesenthal, de Israel.

Lipschis mora na pequena cidade de Aalen, no estado alemão de Baden-Württemberg (sul), e é acusado de cumplicidade nos assassinatos de detentos do campo de concentração em Auschwitz, onde teria sido guarda a partir de 1941. Era sabido que ele estava na Alemanha, mas o nome da cidade era desconhecido. A promotoria pública de Stuttgart confirmou que está investigando o acusado.

No final de semana, o jornal alemão Welt am Sonntag publicou uma matéria sobre Lipschis, mas sem informar o nome da cidade onde ele mora. Numa entrevista concedida a um repórter do jornal, Lipschis reconheceu ter trabalhado em Auschwitz, mas como cozinheiro. Ele disse que ouvia falar das atrocidades cometidas, mas que nunca presenciou nada.

Lipschis foi integrante da SS, a força paramilitar do partido nazista, segundo documentos anteriormente publicados pela imprensa alemã. Na condição de integrante da SS ele foi designado para trabalhar em Auschwitz.

Lipschis nasceu na Lituânia. Segundo o Welt am Sonntag, ele emigrou para os Estados Unidos em 1956. Em Chicago, trabalhou na fábrica de guitarras Harmony, segundo ele mesmo relatou ao jornal. Em 1983 foi expulso dos EUA, aparentemente devido ao seu passado nazista. Desde então, mora em Aalen.

Promotores públicos alemães estão investigando cerca de 50 pessoas acusadas de terem sido guardas em campos de concentração e, assim, terem colaborado no assassinato dos detentos. Lipschis deve ser o primeiro a ser levado a julgamento.

Leia mais