1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Quarta fase de venda de ingressos vai até 15 de abril

Até dia 15 de abril, vale o princípio "quem chega primeiro leva". Programa de venda de opções tem prioridade para Comitê Organizador da Copa.

default

Reta final na venda de ingressos

A venda de ingressos para a Copa 2006 chega à reta final, com a quarta fase, iniciada nesta quarta-feira (14/02) via internet (www.fifaworldcup.com). Até o dia 15 de abril, vale o princípio "quem chega primeiro leva".

Segundo o Comitê Organizador (CO) do Mundial, o contingente de bilhetes oferecidos será atualizado durante o período. "A principal diferença em relação às vendas anteriores é que provavelmente mais para o final da quarta fase haverá mais ingressos disponíveis do que no início", explicou o vice-presidente do CO, Horst Schmidt.

Ainda não se sabe quantos ingressos serão oferecidos até 15 de abril. O número depende da quantidade de bilhetes devolvidos ou não pagos e da conclusão dos planos de ocupação dos estádios.

Boas chances no programa de opções

Segundo Schmidt, no momento, o programa de venda de opções para adquirir ingressos tem prioridade. Deste modo, os torcedores entram numa lista de espera e têm boas chances de obterem bilhetes ainda durante o torneio, aproveitando devoluções feitas por fãs de países eliminados na fase preliminar.

O pagamento do ingresso mais os cinco euros da taxa de opção é feito antecipadamente. Quem não for contemplado, recebe o valor do bilhete de volta, mas não a taxa de opção. Depois de protestos de entidades de defesa do consumidor, o CO decidiu devolver também a taxa a quem desistir da opção comprada até o dia 15 de abril.

Esperança de mais ingressos

Segundo o Comitê Organizador, até o final de fevereiro, cerca de 30 mil ingressos serão entregues a participantes do programa de opções. Os 61 mil candidatos que disputaram 140 mil bilhetes oferecidos de 2 a 30 de novembro de 2005 já foram notificados por escrito.

Segundo Schmidt, os torcedores que ainda não têm ingressos não devem perder a esperança. "Acreditamos que ainda poderemos disponibilizar, mais tarde, um considerável volume de bilhetes para o programa de opções", disse.

Leia mais