1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

América Latina

Quarta cirurgia de câncer de Chávez foi bem-sucedida, afirma vice

Processo de recuperação deverá levar vários dias, afirma vice-presidente Nicolás Maduro. Hugo Chávez foi submetido a nova intervenção cirúrgica em Cuba.

REFILE - CORRECTING DATE Venezuelan President Hugo Chavez kisses a crucifix as he speaks during a national broadcast at Miraflores Palace in Caracas December 8, 2012. Chavez said on Saturday he would undergo another cancer operation in the coming days after doctors in Cuba found a third recurrence of malignant cells in his pelvic area. The news is a big blow for his supporters in South America's biggest oil exporter, who elected him in October to a new six-year term in power. Chavez has twice said he was cured, and then had to return to Cuba for more surgery. In a televised broadcast flanked by ministers at the Miraflores presidential palace, Chavez said that if anything happened to him and a new vote had to be held, his supporters should vote for Vice President Nicolas Maduro - the first time the socialist leader has named a successor. REUTERS/Miraflores Palace/Handout (VENEZUELA - Tags: POLITICS)

Hugo Chavez 08.12.2012

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, foi operado em Cuba, na noite desta terça-feira (11/12), em decorrência de um câncer descoberto em junho de 2011. O vice-presidente Nicolás Maduro afirmou que a cirurgia foi bem-sucedida e que o processo de recuperação deverá durar vários dias.

"O presidente Chávez já está em seu quarto para iniciar os tratamentos que a equipe de médicos e especialistas indicaram para a fase pós-operatória, que vai durar vários dias", disse Maduro em discurso à nação pela cadeia pública de rádio e televisão.

Maduro disse que as orações do povo venezuelano ajudaram o procedimento cirúrgico a ser bem-sucedido e ressaltou os momentos difíceis que o presidente passa em Cuba.

Uma delegação da família de Chávez o acompanha em Cuba, juntamente com um grupo de políticos. Horas antes, o governo havia informado que a cirurgia – a quarta que Chávez se submete em um ano e meio – tinha começado.

No último sábado, Chávez anunciou ao país que a nova operação era "absolutamente necessária", antes que a inflamação e a dor atingissem a área afetada. O presidente, que tem 58 anos, ainda lançou dúvidas sobre a sua capacidade de continuar no poder e pediu para que seus seguidores votem em Maduro caso haja novas eleições.

AFN/rtr/lusa/dpa
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais