Qantas encontra óleo em turbinas do A380 e mantém frota no chão | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 08.11.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Qantas encontra óleo em turbinas do A380 e mantém frota no chão

Vistoria técnica identifica vazamento de óleo em turbinas do modelo Airbus A380, maior avião de passageiros do mundo.

default

Passageiros deixam o Airbus A380 após o incidente

A empresa aérea australiana Qantas decidiu manter sua frota de seis Airbus A380 no chão após uma vistoria técnica ter detectado vazamento de óleo em três turbinas do modelo. Segundo o presidente da Qantas, Alan Joyce, havia óleo onde não deveria.

A quantidade de óleo detectada em três turbinas Trent-900, fabricadas pela empresa britânica Rolls-Royce, ultrapassou os limites tolerados, disse Joyce, após a conclusão de uma vistoria de oito horas. Os motores foram removidos dos aviões.

A vistoria havia sido recomendada pela própria Rolls-Royce após um incidente na quinta-feira passada (04/11), quando um avião da Qantas foi obrigado a retornar ao aeroporto de Cingapura logo após a decolagem. "São turbinas novas num avião novo. Elas não deveriam apresentar esses problemas", declarou Joyce.

Ele reiterou a tese de que o incidente ocorrido na semana passada foi causado por problemas de material ou de design. Em 90 anos de existência, a Qantas não registou nenhum acidente mortal.

AS/rtr/dpa/lusa
Revisão: Rodrigo Rimon

Leia mais