1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Protesto pela independência reúne milhares em Barcelona

Catalães saem às ruas para pedir separação da Espanha. Polícia local afirma que mais de 1 milhão de pessoas participaram da marcha. Ato ocorre 16 dias antes de eleição regional.

Milhares de manifestantes participaram nesta sexta-feira (11/09), em Barcelona, de um protesto pela independência da Catalunha. O ato coincidiu com um feriado regional catalão. Segundo a polícia local, a marcha reuniu mais 1,4 milhão de pessoas.

O número de participantes, porém, é contestado pelo governo espanhol, que o estimou em cerca de 550 mil. Os manifestantes marcharam pela Avenida Meridiana em direção ao Parlamento catalão. Durante a marcha, eles pediam a independência. O protesto encheu também outras ruas ao longo do percurso.

O protesto desta sexta-feira acontece exatamente 16 dias antes das eleições regionais. Os separatistas, encabeçados pelo líder de governo da região, Artur Mas, declaram que essa eleição seria uma votação simbólica sobre a independência.

Barcelona Demonstration Katalonien Nationalfeiertag Fahne

Marcha lotou arredores da Avenida Meridiana

Segundo Mas, "o futuro político" da região está nas mãos dos eleitores. Em caso de vitória de seu partido e aliados, ele planeja dar início às negociações com Madri sobre a independência da Catalunha. Nas últimas pesquisas de intenção de voto, os separatistas conseguiriam obter a maioria absoluta dos mandatos no Parlamento catalão.

O governo central em Madri considera a intenção inadmissível. O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, afirmou em diversas ocasiões que não vai permitir a separação da região.

Em novembro de 2014, cerca de 80% dos participantes de uma consulta popular simbólica votaram a favor da independência da Catalunha. No entanto, apenas 40% dos potenciais eleitores foram às urnas. Apesar disso o resultado teve peso político e fortaleceu a posição dos separatistas.

CN/lusa/dpa/afp/rtr

Leia mais