1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Protesto em dia da Proclamação da República reúne 10 mil em SP

Manifestação pediu impeachement de presidente recém-reeleita Dilma Rousseff. Grupo menor defendeu intervenção militar.

Cerca de 10 mil pessoas foram às ruas de São Paulo neste sábado (15/11), data em que se comemora a Proclamação da República, protestar contra o governo da presidente Dilma Rousseff. Outras manifestações ocorreram ainda no Rio de Janeiro, Brasília e Porto Alegre.

Segundo a Polícia Militar, o protesto ocorreu de forma pacífica. Cerca de 500 policiais acompanharam a movimentação. Os manifestantes pediam o impeachment da presidente e a anulação das eleições presidenciais de outubro. Eles se concentraram em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp) e fecharam a Avenida Paulista.

Vestidas com roupas nas cores verde e amarelo, pessoas traziam cartazes criticando o PT e repudiando o escândalo do esquema de corrupção envolvendo a direção da Petrobras.

O grupo começou a se dividir, porém, quando um grupo menor passou a pedir a intervenção militar no país e não obteve apoio da maioria. Parte dos manifestantes seguiu caminhando para a Praça da Sé.

Entre os participantes da manifestação estavam o representante da Liga Cristã Mundial, padre Carlos Maria de Aguiar, o deputado federal eleito por São Paulo, Eduardo Bolsonaro (PSC), e o senador Aloysio Nunes (PSDB), candidato à vice na chapa de Aécio Neves à presidência.

MSB/abr/lusa

Leia mais