1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Protesto contra refugiados reúne 5 mil em Berlim

Apoiadores do partido eurocético Alternativa para a Alemanha (AfD) pediram restrições à entrada de requerentes de asilo e saída de Merkel do cargo. Manifestantes de contraprotesto entram em confronto com a polícia.

Cerca de cinco mil apoiadores do partido eurocético Alternativa para a Alemanha (AfD) foram às ruas de Berlim neste sábado (07/11) protestar contra a política alemã de acolhida a refugiados e pedir a saída da chanceler federal, Angela Merkel, do cargo.

Durante a marcha conduzida pela líder da legenda, Frauke Petry, e Alexander Gauland, ex-político da União Democrata Cristã (CDU), partido Merkel, os manifestantes gritaram "Merkel tem que sair", "Imprensa mentirosa" e "Nós somos o povo", frase utilizada nas marchas do movimento Pegida (sigla em alemão para "Patriotas europeus contra a islamização do Ocidente"). Membros de grupos neonazistas também participaram do protesto.

Os manifestantes querem que os políticos alemães imponham um limite de entrada de requerentes de asilo no país. A expectativa é que o país receba 800 mil solicitações até o final do ano.

Um contraprotesto em frente ao Portão de Brandemburgo reuniu cerca de 800 pessoas. Houve confronto entre a polícia e manifestantes de esquerda que tentaram furar o bloqueio policial para impedir a passagem dos participantes da marcha do AfD. Os agentes usaram cassetetes e spray de pimenta.

KG/dpa/afp

Leia mais