1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Protesto contra ausência de negros entre candidatos ao Oscar

Pouco antes da entrega do Oscar, grupos de direitos civis americanos pretendem protestar contra as nomeações. Entre os candidatos ao Oscar nas categorias de melhor ator e atriz, não há nenhum negro, dizem críticos.

"Mulheres, latinos e afro-americanos são invisíveis em Hollywood", repreendeu o autor e crítico da mídia Earl Ofari Hutchinson, da Mesa-Redonda de Política Urbana de Los Angeles, grupo que luta pela igualdade de direitos entre negros e brancos.

Segundo Hutchinson, uma manifestação em prol de mais diversidade cultural deverá acontecer pouco antes da entrega do Oscar, neste domingo (22/02), com vista a enviar um sinal à Academia de Cinema, responsável pela cerimônia de premiação, como também à indústria cinematográfica em Hollywood.

Vinte candidatos ao Oscar foram nomeados para as categorias de melhor atriz e melhor ator. Todos os candidatos ao troféu têm pele branca. A manifestação deverá ocorrer em frente ao Dolby Theatre em Los Angeles, onde desde 2002 acontece a cerimônia do Oscar.

Críticas à Academia de Cinema

Desde o anúncio dos candidatos em meados de janeiro, os membros da Academia, responsáveis pela escolha dos nomeados, são alvos de críticas.

Embora o muito elogiado drama americano Selma, sobre Martin Luther King, tenha sido indicado para o Oscar de melhor filme, tanto o protagonista David Oyelowo quanto a diretora negra Ava DuVernay estão fora das nomeações.

Darnell Hunt, diretor do Centro de Estudos Afro-americanos na Universidade da Califórnia, afirmou não estar surpreso com a decisão da Academia de Hollywood. "Dos 6 mil membros, por volta de 93% são brancos, 70% são do sexo masculino, e sua média de idade é de 63 anos", disse Hunt.

Neste domingo, o Oscar vai ser entregue pela 87ª vez. Entre os favoritos a um troféu, estão a sátira americana Birdman e a comédia britânico-alemã O Grande Hotel Budapeste. Cada uma das películas concorre em nove categorias.

O drama Boyhood: Da infância à juventude é considerado o favorito para receber o Oscar de melhor filme deste ano.

CA/dpa/ap

Leia mais