1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Programa de rádio apresenta a nova música pop alemã

Transmitido por uma rádio de Blumenau e pela internet, o "Jetzt geht’s los" foge dos clichês e mostra ao público brasileiro a nova cara da música pop produzida na Alemanha.

default

Michael Lochner apresenta o programa "Jetzt geht's los", voltado para a música pop alemã

Desde de maio, os ouvintes da região de Blumenau podem acompanhar semanalmente uma hora de uma programação pouco usual para as rádios brasileiras. Idealizado por Markus Blumenschein e apresentado por Michael Lochner, o programa Jetzt geht's los (Agora vai, na tradução livre do alemão) vai ao ar todos os sábados, ao meio-dia, na Rádio Nereu Ramos, de Blumenau.

"Grande parte dos imigrantes alemães vieram para o Brasil há 150 anos. Eles não tinham uma comunicação fácil com a Alemanha. Quando cheguei aqui, nos anos 1990, eles ainda eram muito conservadores. Hoje as coisas estão começando a melhorar", disse Lochner em entrevista à DW Brasil.

A ideia do Jetzt geht's los é mostrar um lado mais moderno da Alemanha, mas os dois radialistas encontraram resistência em parte da comunidade alemã no sul do Brasil. "É interessante que, nas regiões mais conservadoras, é muito mais difícil aceitarem o programa, que é ouvido também por não descendentes de alemães de outros estados", conta o apresentador. O programa pode ser ouvido em todo o Brasil, e no mundo, via internet, no site da emissora de rádio.

A cara da nova Alemanha

30.05.2013 DW PopXport Paul Kalkbrenner

O DJ Paul Kalkbrenner teve músicas destacadas num dos programas de rádio

Nascido em Frankfurt, Lochner vive no Brasil há 18 anos, e foi a música que trouxe o alemão ao país. "Vim pela primeira vez em 1993, ainda com a minha banda alemã. Voltei algumas vezes e recebi o convite para fazer parte de um grupo que fazia muito sucesso aqui na região. Passei 16 anos com eles, tocando em festas alemãs por todo o Brasil", contou.

O alemão fazia parte da banda Cavalinho Branco, tradicional presença na Oktoberfest de Blumenau e responsável pela música Dança da Marreca, uma inusitada mistura de música alemã, pop e axé que até hoje embala os bailes da região.

"Conheci muitos descendentes de alemães aqui no Brasil e queria mostrar um pouco mais da nova música alemã. O que toca na Oktoberfest não representa a cara da Alemanha de hoje", disse o músico.

Ecletismo cantado em alemão

Grande fã de música, Lochner continuou a pesquisar o que acontecia no cenário musical de seu país natal, e assim nasceu a ideia para um programa de rádio. "Eu e o Markus produzimos alguns programas juntos. Ele achou que a ideia combinava com o Ano da Alemanha no Brasil e foi atrás de patrocínio para viabilizar o projeto", explicou o locutor, que produz os programas de casa e envia-os prontos para a rádio.

O Jetzt geht's los é aberto a quase todos os estilos musicais e não foca apenas em lançamentos, mas tenta fazer um panorama do que aconteceu na música popular cantada em alemão nas últimas décadas. Além de alemães, o programa também mostra artistas suíços e austríacos.

"Só toco o que gosto e nunca repito música. Uma vez por mês faço programas especiais. Fiz um só com faixas ao vivo, outro de anos 1980, com as bandas da Neue Deutsche Welle [gênero pop alemão], um só com bandas de Berlim e recentemente um só com remixes, para mostrar artistas como Paul Kalkbrenner, já que a música eletrônica também é muito forte na Alemanha", disse o apresentador, que também toca artistas como Die Toten Hosen, Die Ärtzte, Christina Stürmer e Rammstein, uma das bandas alemãs mais queridas do público brasileiro.

O contato com o público é feito principalmente através das redes sociais, já que o programa tem uma abrangência maior via internet. "É legal receber esse retorno do público e poder mostrar que o rock e pop alemão é muito rico e bem produzido", afirmou.

Para os próximos programas, Lochner promete um especial de Natal, no qual vai tocar faixas do álbum Frohes Fest, da banda gótica Unheilig, além de disponibilizar para download gratuito faixas natalinas que gravou com sua antiga banda.

"É um presente para quem curte o programa. São músicas tradicionais em alemão. Tentei modernizar um pouco, mas não chega perto do que fez o Unheilig. Acho muito interessante, mas são versões mais pesadas. Sei que minha mãe não vai curtir", brinca o alemão.

Leia mais

Links externos