1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Prisões evitam série de atentados terroristas na Alemanha

Detidos na Alemanha três supostos terroristas islâmicos acusados de planejar atentados contra instituições americanas no país. Explosivos apreendidos equivalem a 550 quilos de TNT.

default

Polícia apreendeu tonéis com material para fabricar explosivos

A uma semana de os ataques de 11 de Setembro completarem seis anos, foram presos na Alemanha nesta terça-feira (4/9) três supostos terroristas que estariam planejando uma série de atentados no país.

De acordo com a procuradora-geral da República, Monika Harms, foram detidos dois alemães convertidos ao Islã e um turco. Eles são integrantes da organização Jihad Islâmica, têm entre 20 e 30 anos e teriam sido treinados num acampamento no Paquistão em 2006.

Deutschland Terror Festnahme Pressekonferenz Jörg Ziercke und Monika Harms

Joerg Ziercke e Monika Harms (ao fundo) informarqam detalhes das investigações nesta quarta-feira

Harms reforçou que os planos representam uma das maiores ameaças terroristas da história da Alemanha. De acordo com o chefe do Departamento Federal de Investigações (BKA), Jörg Ziercke, o material recolhido com os detidos permitiria a construção de bombas mais potentes do que as utilizadas nos ataques terroristas de Madri e Londres. Seu efeito corresponderia a 550 quilos de TNT.

Entre os principais alvos estariam instituições e instalações americanas na Alemanha, além de danceterias, bares, aeroportos e outros locais de grande concentração de cidadãos americanos.

Vigilância há seis meses

Segundo informações do governo dos EUA, o aeroporto de Frankfurt e a base militar de Ramstein também estariam entre os possíveis alvos, mas Harms e Ziercke disseram não haver provas disso.

Os suspeitos vinham sendo vigiados há seis meses, afirmou Harms. Eles teriam planejado construir carros-bomba para jogá-los contra os alvos.

Deutschland Terror Festnahme

Policiais detêm suspeito

As prisões ocorreram nesta terça-feira (04/09) numa casa da localidade de Oberschledorn, no estado da Renânia do Norte-Vestfália. Um dos homens chamou a atenção das autoridades no último Ano Novo, quando foi detido por perambular próximo a duas casernas norte-americanas em Hanau. A partir dali, começou a ser vigiado.

Entre fevereiro e agosto de 2007, ele adquiriu em Hannover 12 barris de peróxido de hidrogênio (35%) como material básico para fabricar bombas, assim como detonadores e materiais eletrônicos. O material teria sido depositado numa garagem na cidade de Freudenstadt.

No dia 17 de agosto, os suspeitos alugaram uma casa em Oberschledorn, onde no dia 2 de setembro começaram com a produção do explosivo.

Ziercke disse que depois das detenções, na tarde desta terça-feira, foram realizadas mais de 40 blitze em vários estados alemães. (rw/as)