1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

"Primeiros socorros para leitores estressados"

O cotidiano da Europa da Idade Média até hoje — Pensadores alemães lamentam morte de Derrida — O novo romance de Juli Zeh — Feira do Livro acusada de anti-semitismo — E outras notícias sobre literatura e livros.

default

"Não se deve ler para engolir qualquer coisa, mas sempre ver o que dá para aproveitar." (Henrik Ibsen)

Der französische Philosoph Jacques Derrida

Jacques Derrida morreu no dia 9 de outubro passado

A morte do filósofo francês Jacques Derrida marcou os suplementos culturais alemães nos últimos dias. Entre os inúmeros intelectuais que se pronunciaram sobre a perda de um dos maiores pensadores da atualidade, Manfred Frank, professor de Filosofia em Tübingen e um dos principais divulgadores e críticos de Derrida na Alemanha, destacou a consciência pluralista do filósofo francês. Aleida Assmann, professora de Literatura Inglesa da Universidade de Constança, comentou que a filosofia de Derrida se desdobra entre o consciente e o inconsciente e ressaltou sua relação com Nietzsche, ressalvando que "Derrida não filosofava com o martelo, como Nietzsche, mas sim tateando com uma mão sensível". O filósofo Wolfgang Welsch, teórico da pós-modernidade e professor na Universidade de Jena, relativizou o hermetismo da escritura derrideana, declarando que ele "escrevia de forma complicada, mas em conversas era o pensador mais claro do mundo, até o último detalhe".

O romance Spieltrieb (Obsessão pelo Jogo — Frankfurt a.M.: Schöffling & Co 2004, 600p.), de Juli Zeh (30), começou a receber as primeiras críticas, todas positivas, após recente lançamento.

Autorin Juli Zeh

A escritora Juli Zeh vive em Leipzig

A autora nascida em Bonn torna sua cidade natal palco do enredo: dois adolescentes, Ada e Alev, transformam a escola em cenário de um pérfido jogo de chantagem com um dos professores. O livro enfoca o jogo como "a última forma de existência que nos resta". O jornal Frankfurter Rundschau elogiou a "reflexão nada patética sobre questões filosóficas como a existência, a ética e a identidade". O diário Tageszeitung destacou a artificialidade inteligente com que o romance é construído.

O Instituto de Pesquisa de Mídia do Oriente Médio (Memri) acusou a Feira do Livro de Frankfurt de divulgar inúmeros livros de teor anti-semita.

Buchmesse in Frankfurt, Plakat Naher Osten Näher

Uma leitora no metrô de Frankfurt, ao lado do cartaz da Feira do Livro 2004, com destaque à produção dos países árabes

O diretor da sede do Memri em Berlim, Jochen Müller, declarou aos diários Tagesspiegel e Frankfurter Rundschau que a maior parte dos livros árabes sobre a situação política do Oriente Médio é contra os judeus e lamentou que os organizadores do evento não tenham tomado nenhuma providência, no temor de entrar em conflito com a Liga Árabe. A Feira do Livro de Frankfurt, que deu destaque à produção de língua árabe este ano, desmentiu as acusações.

O historiador Wolfgang Reinhard (67), professor de História Moderna na Universidade de Freiburg, conquistou o reconhecimento da crítica pela monumental obra Lebensformen Europas: Eine historische Kulturanthropologie (Formas de Vida da Europa: Uma antropologia cultural histórica — Munique: C. H. Beck Verlag 2004, 720p.), na qual analisa a relação dos europeus com seu meio desde a Idade Média até hoje.

Pestärzte

Representação medieval de médico tratando um doente de peste

Orientando-se pelo modelo de antropologia cultural norte-americano, Reinhard retrata as diversas facetas da vida cotidiana européia de um ponto de vista etnológico. Apesar de críticas pontuais à imprecisão fatual da obra e à falta de aprofundamento em certos detalhes, a crítica destaca o fôlego e a legibilidade deste livro enciclopédico, que enfoca temas como vestuário, alimentação, sentimentos, relacionamento, trabalho, ética, morte, relação com a natureza, entre muitos outros temas.

Buchcover: Hein - Landnahme

"Landnahme" é o último romance de Christoph Hein, lançado este ano

Lyrik nervt! Erste Hilfe für gestresste Leser (ab 12 Jahre) (Poesia dá nos nervos! Primeiros Socorros para Leitores Estressados (a partir de 12 anos) — Munique: Carl Hanser Verlag 2004) é o inspirador título do manual de poesia para iniciantes escrito pelo poeta Hans Magnus Enzensberger (75), sob o pseudônimo Andreas Thalmayr.

Hans Magnus Enzensberger

Hans Magnus Enzensberger - poeta, tradutor, antologista, editor - é um dos protagonistas da literatura alemã desde os anos 60

"Não existe nenhum cérebro no mundo que não esteja fervendo de poemas": assim resume Enzensberger sua convicção de que a poesia é uma necessidade do ser humano. Neste livro lúdico direcionado a jovens leitores, o autor tenta desempoeirar a poesia, sem dispensar algumas explicações sobre métrica, e seduzir novos leitores para os infinitos jogos deste gênero literário.

O escritor Christoph Hein (60) vai assumir a direção do Deutsches Theater (Teatro Alemão) de Berlim. O romancista e ensaísta crescido na Alemanha Oriental começou sua carreira no teatro como assistente de direção de Benno Besson nos anos 60 e depois se projetou como dramaturgo através inúmeras peças de teatro. Hein aceitou o controverso convite do governo de Berlim, declarando que a literatura - ao contrário do teatro - tem cada vez menos alcance político na Alemanha.

Leia mais

Links externos