1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Primeiros corpos de vítimas de voo da AirAsia chegam a aeroporto

Dois caixões são desembarcados em Surubaia, na Indonésia, de onde o avião decolara. Equipes de resgate acreditam ter identificado destroços no fundo do mar, mas trabalho é dificultado por mau tempo.

Dois corpos de vítimas do voo QZ8501 da AirAsia foram desembarcados nesta quarta-feira (31/12) no aeroporto da cidade indonésia de Surubaia, de onde o avião havia decolado no último domingo, antes de desaparecer. As equipes de busca já encontraram e recuperaram ao menos sete cadáveres no Mar de Java, segundo a Agência Nacional de Resgate e Buscas da Indonésia.

Ao serem desembarcados de um avião das Forças Aéreas indonésias, os dois caixões foram levados por uma ambulância militar a um hospital, onde os corpos serão examinados e identificados. As duas vítimas eram uma mulher e um menino. Os outros cinco corpos recuperados permanecerão num navio de guerra até que as condições meteorológicas melhorem.

Oficiais esperavam resgatar a maioria dos corpos nesta quarta-feira, mas chuvas pesadas, vento e nuvens densas dificultaram o voo de helicópteros sobre a área do Mar de Java onde vários corpos e destroços do Airbus foram encontrados no dia anterior.

A Agência de Metereologia e Geofísica da Indonésia prevê que as condições piorem até esta sexta-feira, com mais chuvas intensas. Enquanto isso, muitas famílias das 162 vítimas do voo, exaustas, continuam aguardando notícias.

Equipes de busca acreditam ter identificado o avião no fundo do mar, próximo à ilha de Bornéu, depois que equipamentos de sonar detectaram um objeto grande e escuro nas imediações de onde corpos e destroços foram encontrados na superfície. Mas o mau tempo impediu que mergulhadores de acessar o local identificado, enquanto fortes correntes movem os destroços.

"Parece que os destroços encontrados foram arrastados por mais de 50 quilômetros de onde se encontravam ontem", afirmou Sunarbowo Sandi, coordenador de buscas e resgate. Ele disse esperar que os corpos que ainda não foram encontrados sejam levados pelo mar até praias.

Air Asia Indonesien Angehörige Trauer Schock

Muitos familiares das 162 vítimas do voo continuam aguardando notícias

Os corpos recuperados até o momento incluem uma comissária com o uniforme da companhia aérea, disse o chefe das equipes de busca, Bambang Soelistyo. O fato de alguns dos cadáveres estarem completamente vestidos pode ser um indicativo de que o avião estava intacto ao cair na água.

O piloto não emitiu um sinal de emergência. O avião desapareceu logo após o comandante solicitar permissão para subir da altitude de 32 mil pés para 38 mil pés, com o objetivo de desviar de nuvens densas, por causa do mau tempo.

O voo QZ8501 sumiu dos radares cerca de uma hora depois de decolar do aeroporto internacional de Juanda, em Surabaia, na ilha de Java, na Indonésia, às 5h20 deste domingo (horário local). Ele deveria pousar quase três horas depois em Cingapura.

A bordo do voo QZ8501 estavam o piloto, indonésio, o co-piloto, francês, cinco tripulantes e 155 passageiros, incluindo 16 crianças e um bebê. A maioria dos passageiros eram cidadãos da Indonésia.

LPF/rtr/ap/afp

Leia mais