Primeiro metrô automatizado da Alemanha circula em Nurembergue | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 15.06.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Primeiro metrô automatizado da Alemanha circula em Nurembergue

A completa automatização de metrôs torna o condutor supérfluo. Apesar de reduzir empregos, nova tecnologia permite economizar energia e aumentar a segurança no tráfego.

default

Metrô sem condutor em trajeto de 6,5 quilômetros

O primeiro metrô inteiramente automatizado da Alemanha, a funcionar sem condutor, passou a circular este fim de semana em Nurembergue. Os trens da linha em questão são controlados por computador em seu trajeto de 6,5 quilômetros, mas continuam trafegando paralelamente a trens com condutor, um procedimento inédito em todo o mundo.

O ministro alemão dos Transportes, Wolfgang Tiefensee, denominou a integração do antigo e do novo sistema de metrô "uma pequena revolução tecnológica". A prefeitura de Nurembergue planeja uma expansão de cinco quilômetros da linha em ambas as direções.

Os trens automatizados transitam por um longo trecho paralelamente a trens tripulados. Foi justamente esse tráfego misto que causou grandes problemas no início do projeto Rubin (Realização de um metrô automatizado em Nurembergue). O novo sistema foi inaugurado com um atraso de quase dois anos. No fim de 2009, a linha de metrô em questão só terá trens inteiramente automatizados.

Mais econômico e seguro

O metrô desenvolvido pela Siemens é o primeiro do mundo a ser adaptado do modo convencional de funcionamento ao sistema automático. Nos 32 novos trens, a função do condutor passa a ser exercida por quatro armários técnicos.

O controle computadorizado permite reduzir em 10% o consumo de energia do metrô e possibilita que os trens reajam com maior rapidez a eventuais perigos. Outras cidades alemãs já mostraram interesse nessa tecnologia. Há quatro anos, esse sistema foi testado em Berlim, mas não chegou a ser adotado.

Metrôs inteiramente automatizados já circulam em Lyon, Kuala Lumpur, Paris e Copenhague.

Leia mais