1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Primárias de Buenos Aires fortalecem oposição a Kirchner

Pré-candidatos apoiados pelo prefeito Mauricio Macri, um dos principais nomes da oposição na corrida presidencial, lideram a contagem de votos na capital argentina.

default

Rodríguez Larreta acena para eleitores ao lado de Macri, em Buenos Aires

O prefeito de Buenos Aires, o oposicionista Mauricio Macri, obteve neste domingo (26/04) um forte sinal de apoio popular para a eleição presidencial de outubro, que definirá o sucessor de Cristina Fernández de Kirchner.

Com 57,7% dos votos das eleições primárias para o governo de Buenos Aires apurados nesta segunda-feira, os pré-candidatos do partido conservador Proposta Republicana (PRO), de Macri, somavam 47,8% do total. O pré-candidato Horacio Rodríguez Larreta, chefe de gabinete de Macri, tinha 28,7%, e a sua concorrente interna, a senadora Gabriela Michetti, tinha 19,1%.

Rodríguez Larreta é o candidato de Macri, que governa a capital há oito anos. Analistas políticos dão como certo que o PRO vencerá a eleição para prefeito de Buenos Aires, marcada para 5 de julho.

A Frente para a Vitória, partido do peronismo oficial liderado por Kirchner, aparecia em terceiro lugar nas primárias de Buenos Aires, com 18,6% dos votos. Em segundo lugar estava o partido de centro-esquerda Energia Cidadã Organizada (ECO), com cerca de 22%. Candidatos com mais de 1,5% dos votos e que ganhem a disputa interna poderão concorrer no pleito.

Macri, que conta com forte apoio do setor econômico, disputa o primeiro lugar nas pesquisas eleitorais para a presidência da Argentina com o governista Daniel Scioli. O amplo respaldo popular aos seus candidatos nas primárias de Buenos Aires é visto por analistas como um forte impulso na corrida presidencial.

AS/rtr/dpa

Leia mais