1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Presidente Mujica sai em defesa de Suárez

"Eu não vi que tenha mordido alguém!", afirma o líder uruguaio, para quem o atacante é vítima de uma campanha internacional. "Não o perdoam pelos defeitos que tem."

default

Suárez e Chiellini após o polêmico incidente no jogo entre Uruguai e Itália

O presidente do Uruguai, José Mujica, defendeu nesta quarta-feira (25/06) o atacante Luis Suárez no incidente protagonizado pelo jogador na partida contra a Itália, vencida pela equipe celeste por 1 a 0. Suárez atacou com uma dentada o defensor italiano Giorgio Chiellini.

Para Mujica, há claramente uma campanha contra Suárez, porque "não o perdoam pelos defeitos que tem". O presidente disse não ter visto a agressão. "Eu não vi que tenha mordido alguém! Mas se agarram a cada pisada e a cada entrada!", disse o governante, um ex-guerrilheiro de 79 anos.

Uruguay Präsident Jose Mujica

Mujica: "No futebol, vale o que manda o juiz"

O artilheiro da Celeste pode ficar de fora do torneio se a Fifa julgar que ele cometeu a infração. O resultado de 1 a 0 classificou o Uruguai para as oitavas de final e mandou os italianos para casa.

"Não o escolhemos para filósofo, nem para mecânico, nem para que tenha boas maneiras – é um excelente jogador", acrescentou Mujica. "No futebol, me ensinaram que o que vale é o que manda o juiz."

O capitão da seleção uruguaia, Diego Lugano, e o técnico da equipe, Óscar Tabárez, também defenderam Suárez, criticando a imprensa internacional, especialmente a britânica, que teria dado mais importância ao incidente do que à vitória da Celeste Olímpica.

AS/rtr/dpa

Leia mais