1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Presidente italiano recebe Prêmio Carlos Magno

Carlo Azeglio Ciampi é homenageado em Aachen por seu empenho pela integração européia e democracia na Itália. Em 2004, prêmio foi para o papa João Paulo II.

default

Ciampi (e) recebeu maior distinção européia em Aachen

O presidente italiano Carlo Carlo Azeglio Ciampi recebeu, nesta quinta-feira (05/05), o Prêmio Carlos Magno, concedido pela cidade alemã de Aachen a personalidades que se destacaram por seu empenho pela integração européia. Além disso, "com Ciampi é homenageada a Itália democrática", disse o prefeito Jürgen Linden (SPD), diante de convidados internacionais.

Exemplo para Köhler

O presidente alemão Horst Köhler classificou Ciampi como "europeu exemplar, que trabalha com firmeza inabalável e muito fôlego no canteiro de obras da Europa". Köhler pediu ações decididas para "conciliar de forma sustentável o modelo econômico europeu com sua cultura de equilíbrio social. Está mais do que na hora de iniciar uma discussão sobre a identidade, a alma da Europa", disse.

Ciampi, de 84 anos, é considerado um dos estadistas que abriram o caminho para o euro e um defensor veemente da Constituição européia. Antes de assumir a presidência em 1999, comandou o Banco Central Italiano. "Como um visionário, que sempre carrega a tocha da Europa adiante, ele foi um exemplo pessoal para mim. Seria bom se tivéssemos muitos como ele", elogiou Köhler.

Balanço positivo da unificação

Em seu discurso de agradecimento, Ciampi pediu mais entusiasmo pela "fé no ideal europeu. Sem uma verdadeira vontade política coletiva dos povos europeus e sem uma comunidade da confiança, a Constituição não será uma garantia de governabilidade", disse.

Com vistas às comemorações dos 60 anos do fim da Segunda Guerra Mundial, tanto Ciampi quanto Köhler ressaltaram a importância da aliança da União Européia com os Estados Unidos. "Os EUA e a Europa se complementam e somente juntos conseguem enfrentar os desafios dos tempos atuais", disse o presidente alemão. Ao mesmo tempo, segundo Köhler, a UE precisa devenvolver nos próximos anos sua própria política de relações externas.

Homem da democracia e tolerância

Ciampi representa a Itália democrática, a Europa dos valores e a história de sucesso da UE, justifiçou o júri do Prêmio Carlos Magno. "Ele sempre dedicou seu trabalho político à integração européia, defendendo os direitos fundamentais, a liberdade, a democracia, tolência a abertura para o mundo e a secularização".

O Prêmio Carlos Magno, concedido pela cidade de Aachen desde 1950, é considerado a mais importante distinção por serviços prestados à paz e à unidade na Europa. Ele compreende um prêmio simbólico de cinco mil euros, um certificado e uma medalha. Ciampi é o quarto italiano a receber o prêmio, que, em 2004, foi para o papa João Paulo II.

Leia mais