1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Presidente de Burkina Faso renuncia

Compaoré deixa o poder após quatro dias de violentos protestos, iniciados com sua tentativa de obter novo mandato de cinco anos. Ele estava havia 27 anos no cargo. Exército assume o poder.

O presidente de Burkina Faso, Blaise Compaoré, de 63 anos, anunciou nesta sexta-feira (31/10) a sua renúncia e pediu a realização de eleições livres e transparentes no prazo de 90 dias, segundo um comunicado lido na televisão local por um jornalista.

Pouco depois, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, Nabéré Honoré Traoré, afirmou que assumiu o poder, sem especificar se era de forma interina. O governo da França saudou a decisão de Compaoré e pediu a rápida realização de eleições democráticas no país africano.

Burkina Faso Machtübernahme General Honore Traore Archiv 2011

Chefe militar assume o poder no país

Depois de 27 anos no poder, Compaoré atendeu assim à principal reivindicação dos manifestantes que tomaram as ruas da capital Uagadugu nos últimos dias e nesta quinta-feira invadiram o prédio do Parlamento, onde seria votada uma alteração constitucional que permitira a Compaoré concorrer a mais um mandato de cinco anos.

Apesar de o Exército ter declarado a dissolução do governo e do Parlamento nesta quinta, bem com a formação de um governo de transição, o presidente reiterava que seguia no cargo e que comandaria o governo de transição até a eleição marcada para 2015.

"Com o objetivo de preservar as conquistas democráticas, bem como a paz social, declaro a vacância de poder", afirma o presidente no comunicado lido nesta sexta. Ele teria a deixado a capital num comboio que seguiu para a cidade de Po, perto da fronteira com Gana.

A mobilização contra Compaoré começou na terça-feira, após convocação do líder da oposição Zéphirin Diabré. O principal grito entoado pelos manifestantes é "27 anos são suficientes", em referência ao tempo em que o presidente está no poder.

Compaoré chegou ao poder em 1987, quando tinha 36 anos, após um golpe de Estado que derrubou seu ex-aliado Thomas Sankara, então primeiro-ministro. Desde 1991, foi reeleito presidente quatro vezes. Em 2005, foi introduzida na Constituição a limitação de mandatos, que Compaoré pretendia anular.

Burkina Faso Jubel nach dem Rücktritt des Präsidenten Compaore 31.10.2014

Pessoas saem às ruas de Uagadugu para celebrar a renúncia do presidente

AS/afp/rtr