1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Presidente da Ucrânia anuncia que decretará cessar-fogo unilateral

Poroshenko disse que este seria o primeiro passo do plano de paz proposto para acalmar conflito entre tropas do governo e militantes pró-Rússia no leste do país. O líder não revelou quando a trégua entrará em vigor.

O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, anunciou nesta quarta-feira (18/06) que irá decretar um cessar-fogo unilateral como parte de seu plano de paz para o leste do país, onde as tropas governamentais vêm travando combates com as milícias pró-Rússia.

"O plano de paz começará com minha ordem de cessar-fogo unilateral", declarou o presidente à imprensa. Poroshenko afirmou que o prazo de vigência do cessar-fogo será curto e que, em seguida, os grupos militares ilegais deverão entregar suas armas.

Poroshenko não disse quando o cessar-fogo deve ser declarado, mas o ministro da Defesa da Ucrânia, Mykhailo Koval, informou que a trégua deve ser ordenada dentro de poucos dias, segundo a agência de notícias AP.

A intenção do governo foi comunicada após conversas com lideranças alemãs e russas. O Kremlin havia informado na noite de terça-feira que Poroshenko conversara por telefone com o presidente russo, Vladimir Putin, sobre uma suspensão temporária dos conflitos.

Além de ser um pedido pela paz, a medida adotada por Poroshenko também pretende conquistar o reconhecimento formal de Putin em relação às novas autoridades do país, após a queda do governo pró-Moscou em fevereiro.

Aos 48 anos, Poroshenko foi eleito nas eleições de 25 de maio com a promessa de pôr fim à pior crise enfrentada pela Ucrânia desde que o país tornou-se independente da União Soviética, em 1991. Mais de 300 civis foram mortos desde o início dos combates entre as tropas ucranianas e a insurreição pró-Rússia no leste do país.

BWS/ap/afp

Leia mais