1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

América Latina

Presidente da Guatemala renuncia em meio a escândalo de corrupção

A poucos dias das eleições nacionais, Otto Pérez Molina anuncia saída do cargo, após receber ordem de prisão emitida por juiz federal, e afirma que irá enfrentar o processo criminal com a "consciência tranquila".

O presidente da Guatemala, Otto Pérez Molina, renunciou nesta quinta-feira (03/09). A decisão foi confirmada pelo porta-voz da presidência, Jorge Ortega, após um juiz federal ter emitido na quarta-feira uma ordem de prisão contra Pérez Molina a poucos dias das eleições presidenciais. A razão é seu suposto envolvimento em um

escândalo de corrupção

que gerou grandes controvérsias no país e abalou o governo.

"Na situação atual, levando em conta o interesse do Estado, cabe a mim continuar com o processo e apresentar-me perante a Justiça para dirimir minha situação pessoal", dizia a carta de renúncia enviada por Pérez Molina ao Congresso da República da Guatemala. No documento, o presidente afirma que irá enfrentar "com a consciência tranquila" as acusações que pesam sobre ele.

O Congresso havia retirado a imunidade do presidente para que fosse possível investigá-lo por supostos desfalques ao Estado, que geraram indignação no país. Pérez Molina, um general aposentado de 64 anos, chegou ao poder em 2011 prometendo combater com "mão pesada" o crime e a corrupção na Guatemala.

RC/afp/rtr/efe

Leia mais