Premiê da Sérvia declara vitória em eleição presidencial | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 02.04.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Premiê da Sérvia declara vitória em eleição presidencial

Projeções apontam que primeiro-ministro Aleksandar Vucic venceu pleito em primeiro turno e será o próximo presidente sérvio. Mesmo antes do resultado oficial, político conservador comemora vitória: "Dia importante".

Vucic já celebra vitória ao lado de seus partidários em Belgrado (Reuters/A. Bronic)

Vucic já celebra vitória ao lado de seus partidários em Belgrado

O primeiro-ministro da Sérvia, Aleksandar Vucic, já se pronuncia como vencedor das eleições presidenciais no país, realizadas neste domingo (02/04). Segundo projeções do instituto de opinião Ipsos, o candidato venceu o pleito em primeiro turno, com uma estimativa de 55% dos votos.

O político conservador, de 47 anos, precisa ter pelo menos 50% dos votos para evitar um segundo turno, previsto para 16 de abril. Resultados oficiais só devem ser divulgados nesta segunda-feira.

"Este é um dia importante para nós. Revela a maneira com que a Sérvia deve ser presidida", disse o premiê em discurso na sede de seu partido, a gritos de "vitória" por parte de seus eleitores.

Atrás de Vucic nas projeções está o ex-defensor público e principal candidato opositor, Sasa Jankovic, com 16,3% dos votos, seguido pelo comediante Luka Maksimovic, de 25 anos, conhecido como "Beli", com 9,3%. Em quarto lugar está o ex-ministro do Exterior Vuk Jeremic, com 5,8% dos votos.

Se a vitória for confirmada, Vucic vai suceder por um mandato de cinco anos o atual presidente Tomislav Nikolic, com quem fundou, em 2008, o Partido Progressista Sérvio (SNS), após romper com o passado ultranacionalista e olhar em direção à União Europeia (UE) – a Sérvia, que fez parte da antiga Iugoslávia, iniciou as negociações de entrada no bloco econômico europeu em 2015.

Críticos do primeiro-ministro o acusaram de autoritarismo durante a campanha presidencial, afirmando que ele tomou controle de grande parte dos veículos de imprensa do país. A oposição menciona artigos que demonizam oponentes de Vucic sem lhes dar espaço para se defender.

Os partidários do premiê, por outro lado, afirmam que o político tem um ótimo histórico de manter a Sérvia sob controle numa região cheia de problemas. Vucic prometeu reformas econômicas e sociais e disse que manterá boas relações com a Rússia mesmo enquanto negocia uma entrada na UE.

EK/afp/ap/efe/dpa/rtr/dw

Leia mais