1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Prefeita rejeita candidatura de Roma aos Jogos Olímpicos

Virginia Raggi afirma que candidatura seria irresponsabilidade diante dos problemas da cidade. Decisão causa revolta no Comitê Olímpico Italiano, que diz não ver razões para a ausência de Roma na concorrência para 2024.

A prefeita de Roma, Virginia Raggi, rejeitou nesta quarta-feira (21/09) a candidatura da cidade a sede dos Jogos Olímpicos de 2024, alegando que a capital italiana não tem condições de receber um evento deste porte.

"Seria irresponsável dizer sim a esta candidatura", disse a prefeita, que foi eleita em junho pelo Movimento Cinco Estrelas, um partido antiestabilishment criado pelo comediante Beppe Grillo. "Não precisamos de mais elefantes brancos. Precisamos restaurar as instalações existentes e tornar o preço das entradas mais acessíveis aos cidadãos", acrescentou.

Raggi afirmou que a cidade ainda paga dívidas referentes os Jogos Olímpicos de 1960. "Não temos nada contra os Jogos Olímpicos e o esporte, mas não queremos que o esporte se torne uma desculpa para mais rios de cimento na cidade", disse a prefeita, que foi eleita com a proposta de combater a corrupção em nível municipal.

"Os romanos nos pediram para nos ocuparmos da cidade de Roma. Não nos faz falta outras catedrais no deserto, outros investimentos que pagaremos durante anos e anos", concluiu Raggi, ao explicar a decisão de não apoiar o evento.

Após comunicar sua decisão, a prefeita não participou da reunião com o Comitê Olímpico Italiano que apresentaria o projeto.

Decisão causa revolta

A equipe da candidatura de Roma acusou Raggi de tomar uma decisão ideológica e política. "Estamos desapontados que uma nova força política seja incapaz de aceitar a mudança em favor da modernização", afirmaram os responsáveis pelo projeto, num comunicado.

Já o presidente do Comitê Olímpico Italiano, Giovanni Malagó, repudiou as declarações da prefeita e disse que esperava mais consideração da líder municipal. "Não há uma razão verdadeira para que não sejam organizados esses Jogos", acrescentou.

A decisão de Raggi pode significar o fim da candidatura da cidade a sede do evento. Aí restariam apenas Paris, Los Angeles e Budapeste na disputa. Além de Roma, Hamburgo e Boston também rejeitaram os Jogos Olímpicos de 2024.

CN/efe/rtr/afp

Leia mais