1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Precedente já em 1972

default

Brandt: "Acionem a Luftwaffe!"

O avião seqüestrado em Frankfurt neste domingo não foi o primeiro caso de avião civil a acionar a Força Aérea da Alemanha. Curiosamente foi também num 11 de setembro, mas de 1972, que o então ministro da Defesa, Georg Leber, enfrentou o dilema de dar ou não a ordem de abater uma aeronave suspeita.

Poucos dias após os atentados terroristas que mataram 11 israelenses durante os Jogos Olímpicos de Munique, um avião não identificado aproximou-se do estádio em que se realizava a festa de encerramento. Sentado na tribuna, o chanceler federal Willy Brandt ordenou de imediato: "Acionem a Luftwaffe!"

Pouco depois, decolavam os dois caças do pelotão de alarme da Força Aérea. O ex-ministro Leber lembra como foram dramáticos aqueles minutos. "Pouco antes do momento em que, na minha avaliação, não se poderia mais esperar, pois um eventual uso de armas não poderia se dar nas proximidades do estádio, veio a informação de que a aeronave havia perdido sua rota. Dois minutos a mais, no máximo, e este episódio teria tido outro fim", suspira Leber. O ex-ministro adverte: "Como sempre, uma decisão pode ser terrivelmente errada".

Leia mais