1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Príncipe saudita anuncia doação de 32 bilhões de dólares às causas sociais

Bilionário príncipe Alwaleed bin Talal promete ceder toda sua fortuna para "promover cultura, prover ajuda humanitária e criar um mundo mais tolerante". Ele afirma ter se inspirado na fundação filantropica de Bill Gates.

O bilionário príncipe saudita Alwaleed bin Talal, segunda a última lista da revista Forbes, a 34ª pessoa mais rica do mundo, declarou nesta quinta-feira (02/07), em Riad, estar doando toda a sua fortuna à caridade.

Os estimados 32 bilhões de dólares (cerca de 99,5 bilhões de reais) serão distribuídos na instituição criada pelo próprio príncipe, a Alwaleed Philanthropies, para qual ele já tinha doado 3,5 bilhões de dólares (cerca de 10,9 bilhões de reais).

No entanto, Alwaleed, que é sobrinho do rei saudita Abdullah, que morreu no início deste ano, não disse qual impacto – se houver – o gesto terá sobre os seus negócios. O príncipe, que não tem nenhum cargo oficial no governo saudita, é presidente da empresa de investimentos Kingdom Holding Company. Além de investimentos na mídia, a empresa possui interesses que vão desde o parque temático da Euro Disney até a cadeia de hotéis Four Seasons e o Citigroup.

Ele também deixou claro que embora exista um "plano bem concebido" para transferir o dinheiro, não há prazo até quando a doação deve ser gasta. Em comunicado, o príncipe saudita disse esperar que a doação ajude a "construir pontes para promover o entendimento cultural, desenvolver comunidades, empoderar as mulheres, capacitar a juventude, prover ajuda humanitária vital para desastres e criar um mundo mais tolerante e receptivo".

Alwaleed, que se descreve e seu site como um "investidor global, líder e homem de família", disse que dirigirá o conselho administrativo que terá a tarefa de gastar o dinheiro, acrescentando que a promessa continuará sendo realizada após sua morte "para projetos humanitários e iniciativas".

O príncipe afirmou ter se inspirado na Gates Foundation, inaugurada por Bill e Melinda Gates em 1997. Inclusive, o conselho que gerenciará o dinheiro será montado nos moldes da fundação criada pela esposa do fundador da Microsoft. Bill Gates,

número 1 da lista de bilionários da Forbes

, classificou o gesto do príncipe saudita como "uma inspiração para todos nós que trabalhamos com filantropia no mundo".

PV/afp/rtr

Leia mais