1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Príncipe encrenqueiro condenado a pagar meio milhão

Ernst August foi considerado culpado por lesões corporais e injúria.

default

Príncipe de Hanôver, Ernst August

O príncipe de Hanôver, Ernst August, foi condenado a oito meses, com direito a liberdade condicional, e a pagar uma multa de meio milhão de marcos (mais de 255 mil euros), nesta quinta-feira, pelo Tribunal de Justiça da Saxônia. O marido da princesa Caroline de Mônaco foi acusado de lesões corporais e injúria.

O juiz Rainer Gundlach reconheceu a culpa de August em dois casos de agressão corporal, que ocorreram entre 1999 e 2000, envolvendo uma fotógrafa da revista alemã Bunte e o dono de uma discoteca no Quênia. O príncipe também foi condenado por ter ofendido verbalmente dois redatores do jornal Bild.

Os escândalos nada nobres da realeza vão desde um chute no traseiro da fotógrafa até a constrangedora cena em que ele urinou no pavilhão da Turquia, durante a feira mundial Expo 2000, em Hanôver, descrita pelo Bild.

O acusado não compareceu ao julgamento, sendo representado por seu advogado. Mesmo assim, um sósia do príncipe pousou para as câmaras diante do tribunal, dando o clima esperado pelos jornalistas. O circo estava montado, bem no estilo de August.