Portugal é o sexto país da Europa a aprovar o casamento gay | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 18.05.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Portugal é o sexto país da Europa a aprovar o casamento gay

Mesmo sendo pessoalmente contra, presidente Aníbal Cavaco Silva promulgou a lei para evitar que ela se arrastasse no parlamento. Para o presidente português, o combate à crise econômica merece prioridade.

default

Participantes de manifestação contra discriminação se beijam em Lisboa

O presidente de Portugal, Aníbal Cavaco Silva, promulgou na noite desta segunda-feira (17/05) a lei que autoriza o casamento entre homossexuais no país. Ela já havia sido aprovada em janeiro pelo parlamento, que tem maioria de esquerda.

Portugal se torna o sexto país da Europa em que é permitido o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo. Antes, esta lei já havia sido aprovada na Bélgica, na Holanda, na Espanha, na Suécia e na Noruega.

Prioridade à crise

Ao anunciar que ratificou a lei, o conservador Cavaco Silva deixou claro que estava agindo contra suas "convicções pessoais". No entanto, ele não exerceu seu poder de veto para não prolongar a disputa no parlamento num momento em que o país atravessa uma crise econômica. Segundo o chefe de Estado, o governo tem que priorizar o combate à crise e não deveria perder tempo com outras desavenças.

A decisão acontece três dias depois da visita do papa Bento 16 a Portugal. Em Fátima, o Sumo Pontífice fez um discurso classificando o casamento entre homossexuais e o aborto como algumas das ameaças mais traiçoeiras e perigosas com as quais o mundo se depara.

TM/lusa/apn/ap

Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais