1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Porta-voz de Dilma Rousseff pede demissão

Thomas Traumann deixa Secretaria de Comunicação Social. Saída é anunciada após documento interno tecer críticas à comunicação do Planalto. Ele é o terceiro ministro a entregar cargo desde fevereiro.

O ministro da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República, Thomas Traumann, pediu demissão nesta quarta-feira (25/03).

Sua saída é anunciada uma semana após um documento interno produzido pela Secom tecer críticas à comunicação do Planalto e admitir o uso de "robôs" para disseminar conteúdo favorável ao governo nas redes sociais.

"A presidente agradeceu a competência, dedicação e lealdade de Traumann no período como ministro e porta-voz", diz o governo em nota. Ainda não há informações de quem será o substituto na pasta.

Além de ministro, Traumann era porta-voz da Presidência desde 2012. Em fevereiro de 2014, ele foi indicado ao cargo, que é responsável pela mediação entre a Presidência e a imprensa, além de gerenciar a estratégia de comunicação do governo e seus perfis em redes sociais.

Traumann é o terceiro ministro a deixar o cargo desde o início do segundo mandato de Dilma em janeiro. O primeiro foi Marcelo Néri (Secretaria de Assuntos Estratégicos), em fevereiro.

Há uma semana, o

ministro da Educação Cid Gomes

, entregou o cargo à presidente, após se envolver em uma polêmica com deputados na Câmara. Ele declarou que alguns parlamentares da base aliada agiam com "oportunismo".

CN/abr/ots

Leia mais