1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Por uma exploração sustentável das florestas

Conferência internacional que reúne em Bonn cerca de 200 cientistas e pesquisadores investiga o papel das florestas como fator de incremento dos espaços vitais rurais e na preservação da biodiversidade.

default

Fazer um levantamento dos resultados obtidos por cientistas em suas pesquisas sobre o aproveitamento sustentável das florestas e seus produtos, tendo em vista a preservação do meio ambiente e da biodiversidade; um balanço das políticas nacionais e internacionais neste setor; comparar resultados de projetos já implementados; e definir novas estratégias para o incremento da vida humana em áreas rurais: estes são os objetivos de uma conferência internacional que está se realizando em Bonn de 19 a 23 de maio.

Cerca de 200 especialistas vindos dos mais diversos países — inclusive o Brasil — vão debater, trocar informações e experiências em painéis com diferentes enfoques, neste evento promovido pelo Centro Internacional de Pesquisa Florestal (CIFOR), sediado na Indonésia, em cooperação com entidades alemãs e o Ministério de Cooperação Econômica e Desenvolvimento.

Estão inscritos para o evento na ex-capital da Alemanha sobretudo cientistas e pesquisadores, bem como representantes de ONGs, instituições governamentais e entidades financiadoras, tais como o Banco Mundial.

Desafio global — Conciliar a exploração das florestas como espaço vital com a preservação do meio ambiente e da biodiversidade é um dos grandes desafios da atualidade. De um lado, avança ininterruptamente o processo de redução das áreas silvestres, com a destruição de 10 a 12 milhões de hectares de florestas ao ano em todo o mundo. Conjugado a essa extinção, está o processo de desaparecimento contínuo de um sem-número de espécies vegetais e animais.

De outro lado, estão os interesses das populações que vivem no entorno das florestas e delas dependem para sua subsistência. Mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo vivem em regiões rurais, à beira do limite da pobreza, sendo que a sobrevivência de grande parte delas depende dos produtos fornecidos pela floresta. Se não for detida, a degradação das florestas representará não apenas uma catástrofe ecológica como também humana.

Diante deste panorama, adquirem importância primordial o gerenciamento dos recursos naturais e a exploração do enorme potencial econômico representado pelas florestas. A meta é uma exploração sustentável, a ser revertida em benefício das populações locais, sem prejudicar o meio ambiente.

A conjugação dos esforços internacionais, a troca de informações, experiências e resultados entre pessoas e entidades comprometidas com essas metas, como ocorre nesta conferência em Bonn, é uma contribuição importante à árdua tarefa de reduzir a pobreza no mundo, uma das metas do milênio das Nações Unidas.

Leia mais