1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Por que os alunos finlandeses são melhores?

Segundo o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes, os finlandeses lideram em vários quesitos, entre eles leitura e interpretação de texto. Escolas bem equipadas e professores qualificados garantem o sucesso.

default

Independente do grau de instrução e do status social dos pais, todo aluno finlandês tem direito à mesma escola, que é freqüentada durante nove anos, em tempo integral. Transporte, livros e refeições balanceadas são gratuitos. Essa é uma das premissas básicas para que o sistema de ensino no país seja considerado um dos melhores do mundo.

Além de não levar em consideração a situação financeira e social do aluno, a escola finlandesa procura também atenuar as diferenças existentes em uma classe. "Eu nunca vivi situações em que os melhores alunos da classe tenham se entediado durante as aulas. Os que sabem mais procuram sempre ajudar os que sabem menos. Quando fazemos trabalhos de grupo, o professor sempre tenta dividir os alunos de forma equilibrada, fazendo com que todos ajudem todos", conta Amanda Backlund, 15 anos.

Cinco línguas – Na escola finlandesa, os alunos que obtêm as melhores notas e se sobressaem, são incentivados a freqüentar aulas extras, tendo à escolha uma série de matérias optativas. Vários desses alunos aprendem cinco ou mais línguas. Os outros da classe, que apresentam maior deficiência de aprendizado, recebem atenção especial. Para eles, são criados pequenos grupos de trabalho, paralelos à aula normal. Rainer Domisch, consultor para Língua Alemã do Departamento de Ensino de Helsinki, explica: "Não são usadas medidas de diferenciação entre os alunos, mas de integração. Não há repetentes e os professores não pensam em como se livrar desse ou daquele aluno."

Leitura – Segundo os resultados da pesquisa comparada do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes, o aluno finlandês é o melhor em leitura e interpretação de texto. Leena Järvenpää, editora-chefe do maior clube do livro infantil do país, acredita que os pais exercem aí um papel essencial: "Temos pais muito ativos, que lêem para seus filhos antes que eles completem um ano de idade."

O Clube do Livro Infantil, cujo público alvo é composto por crianças de um a oito anos, têm na Finlândia 15 mil sócios. O hábito da leitura é "herdado" com freqüência dos pais. "Se as crianças já na mais tenra infância aprendem que livros são importantes e vêem que os pais também lêem, elas se acostumam à leitura como parte da vida", observa Järvenpää.

Internet – Além de professores bem qualificados e alunos dispostos a aprender, as escolas finlandesas são extremamente bem equipadas. Praticamente todas as salas de aula contam com acesso à internet. Até mesmo no interior do país, os alunos não são privados da tecnologia de ponta.

Segundo o professor Jukka Sarjala, "no norte da Finlândia, na Lapônia, existem apenas escolas pequenas com poucos alunos e três ou quatro professores. Nesses casos, parte das aulas vem de Helsinki, através de videoconferências. Apesar de as aulas serem dadas a uma distância de mais de mil quilômetros, professores e alunos podem se ver. O professor pergunta em Helsinki e os alunos respondem na Lapônia".

Leia mais

Links externos