1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

População alemã continua diminuindo

A taxa de natalidade decresce na Alemanha, principalmente na região da antiga Alemanha Oriental.

default

É cada vez menor o número de crianças na Alemanha

Segundo o Instituto da Economia Alemã (IW), de Colônia, em 1950 a média de filhos por família residente no lado ocidental era de 2,1, tendo baixado hoje para 1,4. Já as mães da antiga Alemanha Oriental, que tinham então 2,4 filhos, têm hoje em média 1,1.

Em 1999, foram registrados 107 mil nascimentos na região oriental, o que corresponde a apenas 40% da taxa de natalidade de 1980. Também no que se refere ao número de nascimentos por habitante, a queda foi mais acentuada no leste do país. A relação de 15 nascimentos para cada grupo de mil habitantes (1980) caiu para 7 (1999). No oeste do país, a relação manteve-se estável: 10 nascimentos para cada mil habitantes.

Uma das explicações, segundo o IW, é que depois da reunificação do país se tornou mais difícil, para as mulheres do leste, trabalhar e educar filhos ao mesmo tempo. No regime comunista, havia um número maior de creches que aceitavam crianças desde a mais tenra idade. Além disso, parte da população emigrou para o lado ocidental. Após a queda do Muro de Berlim, mais de um milhão de alemães abandonaram o leste, em busca de um futuro melhor no próspero ocidente da Alemanha.