1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Políticos alemães querem esclarecimentos dos EUA

Supostos vôos da CIA pela Europa com suspeitos de terrorismo a bordo devem ser tema de Steinmeier em Washington. Jornais afirmam que transportes prosseguiram também em 2005. Candidatura da Romênia à UE em xeque.

default

Avião norte-americano em aeroporto romeno

Há poucos dias no cargo, Frank-Walter Steinmeier tem um tema quente a tratar, em sua primeira viagem a Washington na condição de ministro alemão das Relações Exteriores: as denúncias de que aviões do serviço secreto norte-americano voaram incontáveis vezes pela Europa, inclusive a Alemanha, transportando suspeitos de terrorismo.

Frank-Walter Steinmeier

Frank-Walter Steinmeier

"Como o assunto também está sendo debatido internamente nos Estados Unidos, não excluo a possibilidade [de que trataremos dele]", declarou o social-democrata neste sábado (26/11), em Berlim.

Como ministro do Exterior, ele teria de se ater aos fatos, disse Steinmeier ao jornal Bild am Sonntag. "Mas o que se tem lido a esse respeito, seria de fato motivo de preocupação." Ele espera, por isso, que os Estados Unidos esclareçam os fatos, atendendo ao pedido da União Européia.

Todas as cartas na mesa

A ministra da Justiça, Brigitte Zypries, também expressou a esperança de que Washington tome uma posição em relação às denúncias. Vários políticos da coalizão de governo e da oposição instaram Steinmeier a abordar o assunto na capital norte-americana, para onde viajará na segunda-feira.

"Parto do princípio de que Steinmeier falará a este respeito em Washington", declarou Wolfgang Bosbach, vice-líder da bancada democrata-cristã, ao semanário Welt am Sonntag. Os Estados Unidos, afinal, deveriam ter um interesse em não despertar suspeitas falsas.

A presidente do Partido Verde, Claudia Roth, declarou ao mesmo jornal esperar que o ministro do Exterior exija que os EUA coloquem todas as cartas na mesa. "De quantos prisioneiros se trata, para onde foram transportados e quantos pousos houve na Alemanha?", questiona.

15 vôos em 2005

O número de vôos secretos da CIA na Europa este ano é bem superior ao que se supunha até agora, segundo o Berliner Zeitung. O diário berlinense afirma que até, o final de setembro, o serviço secreto norte-americano pousou com aviões civis em aeroportos europeus pelo menos 15 vezes.

Em janeiro, o aeroporto de Palma de Mallorca teria sido utilizado para pouso duas vezes, na ida e na volta da Líbia. Em maio, dois aviões da CIA teriam feito escala em Praga, no vôo de Candahar, no Afeganistão, a Baltimore, nos Estados Unidos. Não há conhecimento de passagens por aeroportos alemães este ano, segundo o jornal, enquanto os de Atenas, Glasgow, Shannon e Cascais foram utilizados para pousos.

Conseqüências para a Romênia?

CIA Flug nach Rumänien

Policias romenos em patrulha no aeroporto situado a 270 quilômetros de Bucareste

As denúnicas ameaçam prejudicar a candidatura da Romênia ao ingresso na União Européia. Se for confirmado que o país cooperou "desta maneira ilegal e desumana" com a CIA, será aberto de novo um debate sobre o ingresso do país no bloco em 2007, "apesar de todos os acordos já fechados", declarou Elmar Brok, porta-voz de política externa da bancada democrata-cristã no Parlamento Europeu, ao diário Märkische Zeitung.

Leia mais