1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Polícia mata islamista em Berlim

Após esfaquear policial, iraquiano conhecido das autoridades é morto a tiros. Homem de 41 anos havia sido condenado por fazer parte de uma organização terrorista. Polícia investiga motivos por trás de ataque.

Um islamista conhecido das autoridades alemãs foi morto após atacar uma policial no bairro de Spandau, em Berlim, nesta quinta-feira (17/09). De acordo com a promotoria, o iraquiano, de 41 anos, havia sido condenado em 2008 por fazer parte de uma organização terrorista. Ele estava sob liberdade condicional e deveria usar uma tornozeleira eletrônica, porém, tirou o aparelho pela manhã.

Segundo informações do jornal alemão Die Welt, o homem morto pela polícia foi identificado como Rafik Y., que teria planejado um atentado frustrado em 2004 contra o ex-primeiro-ministro do Iraque Ayad Allawi. Desde 1996, Rafik morava na Alemanha.

O promotor Dirk Feuerberg disse que ainda é cedo para afirmar se o ataque desta quinta-feira foi um ato terrorista planejado. A polícia vai procurar evidências na casa do iraquiano, em Berlim. Feuerberg relatou que recentemente o iraquiano havia ameaçado uma juíza num tribunal, sendo “bastante agressivo”.

Por volta das 9h50 (horário local) desta quinta-feira, a polícia recebeu um chamado de emergência. Pedestres estavam sendo ameaçados por um homem que segurava uma faca. Quatro carros foram enviados ao local. Quando dois policiais se aproximaram do suspeito, ele os atacou com a faca.

Segundo a imprensa, a policial, de 44 anos, foi atingida na barriga. Para parar o ataque, seu colega atirou várias vezes contra o iraquiano. Um dos tiros teria atingido também a policial. O iraquiano morreu quando foi levado para o hospital. A policial está internada, e seu estado e estável.

CN/dpa/afp/ots

Leia mais