1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Polícia do Rio prende traficante Rogério 157

Traficante de drogas mais procurado da cidade é detido na favela do Arará em operação das forças de segurança. Ele é o pivô da guerra pelo controle do tráfico na Rocinha.

default

Rogério 157 é escoltado por policiais no Rio de Janeiro

As forças de segurança do Rio de Janeiro prenderam nesta quarta-feira (06/12) o traficante de drogas mais procurado da cidade, Rogério Avelino de Souza, o Rogério 157, da favela da Rocinha. Ele foi preso na favela do Arará, na zona portuária do Rio, em ação das forças de segurança.

A operação conjunta mobilizou cerca de 2,9 mil integrantes das polícias civil, militar, federal, da Força Nacional e das Forças Armadas em seis favelas cariocas. Rogério tem várias ordens de prisão por homicídio, extorsão, tráfico de drogas e formação de quadrilha.

Rogério rompeu com Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, o que deu início a uma guerra pelo controle do tráfico na comunidade. Em agosto, Nem deu ordens de dentro de um presídio federal, onde está preso desde 2011, para que Rogério deixasse a Rocinha, mas este as ignorou.

Em 17 de setembro, traficantes ligados à quadrilha de Nem, a Amigos dos Amigos, invadiram a favela para expulsar Rogério 157. O Comando Vermelho ofereceu abrigo a Rogério e seu grupo.

Depois de várias tentativas de ocupar a comunidade, o governador Luiz Fernando Pezão pediu apoio ao presidente Michel Temer, que enviou tropas das Forças Armadas. Elas ocuparam a comunidade no dia 22 de setembro e ficaram até o dia 29. As Forças Armadas retornariam à Rocinha numa segunda oportunidade.

Rogério 157 foi preso na comunidade do Arará, na casa de uma mulher que visitava. A favela também vive uma guerra pelo tráfico de drogas, há mais de um mês. Recentemente, bandidos armados tentaram furar um bloqueio em frente ao Arsenal de Guerra do Exército, na zona portuária, e quatro deles acabaram mortos no confronto com os militares.

A barricada com mais de cem homens do Exército havia sido montada no local para evitar que traficantes tentassem invadir o paiol de armas e munições do Exército. Em outra ação, mais recente, homens do Batalhão de Choque da Polícia Militar mataram sete criminosos no Arará e apreenderam 14 fuzis.

Rogério 157 foi levado para a Cidade da Polícia, no bairro do Jacaré, onde será apresentado pela Polícia Civil.

AS/abr/lusa/efe

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais