1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Polícia de Dresden investiga morte de requerente de asilo

Refugiado africano é encontrado morto a facadas na entrada de sua casa. Polícia afirma desconhecer autores e motivação. Promotoria abre investigação por homicídio.

O porta-voz da procuradoria da cidade alemã de Dresden, Lorenz Haase, disse nesta quinta-feira (15/01) que está sendo realizada uma investigação completa sobre a morte de um requerente de asilo.

Na manhã desta terça-feira, um africano de 20 anos foi encontrado morto na entrada de trás do edifício onde morava. Ele era da Eritreia e solicitava asilo na Alemanha.

Inicialmente, a polícia disse não haver sinais de que o jovem teria sido atacado, mas a autópsia revelou que a causa da morte foram facadas no pescoço e no peito. O deputado Volker Beck criticou a polícia e disse não entender o "desleixo" com o caso foi tratado.

Segundo Haase, a arma utilizada ainda não foi localizada. Os investigadores estão procurando sinais de luta e analisando vídeos feitos por câmeras de segurança dos meios de transporte público. A comissão que conduz a investigação foi aumentada para 25 funcionários.

O jovem refugiado estava em Dresden desde setembro de 2014, num apartamento que ele dividia com outros sete refugiados, todos também da Eritreia.

A procuradoria de Dresden abriu investigação por homicídio. Haase salientou que ainda não há indícios de possíveis autores ou dos possíveis motivos do ataque.

PV/dpa/rtr